Rosa em tudo. E mulheres, sempre, frágeis e delicadas…

Letícia F. July 20, 2012 18

Ontem li um artigo que gostaria de traduzir inteiro e copiar aqui, porque é excelente. Fala sobre essa coisa das coisas “femininas” sempre serem cor de rosa, clarinhas…

A questão já foi tratada em todos os bons blogs feministas. São os forçados papéis de gênero, sempre eles, ditando até a cor do que a gente deve gostar, do que é “adequado”.

Porque é assim desde antes de nascermos. Os futuros pais querem descobrir o sexo do bebê para poderem decorar o quartinho “de acordo”. Com o quê, minha gente? Não sei, só sei que quando a menina nasce já teve chá de bebê cor de rosa. Ela está fadada a usar roupas dessa cor até finalmente se dar conta de que é totalmente aceitável – e deveria ser incentivado – que ela não tenha nenhuma peça rosa no armário inteiro.

Pode parecer exagero para quem nunca pensou muito a respeito. Não é. Nos Estados Unidos, onde se encontra de tudo nas prateleiras, as coisas chegam ao nível do surreal. Até os produtos para proteção pessoal (como embalagens de spray de pimenta ou aqueles aparelhinhos que dão choque) estão sendo fabricados com ~toques femininos~.

pink pepper spray Rosa em tudo. E mulheres, sempre, frágeis e delicadas...
Spray de pimenta cor de rosa

“Ai que fofo, quero um!”, diriam algumas mulheres. Pense duas vezes. Você realmente precisa de um spray de pimenta ou um teaser rosa? Não, não estou falando sobre consumo.

Neste artigo, Rebecca Hoffman fala da propaganda patética feita para anunciar a nova linha de artigos de defesa pessoal, sexista como sempre. “Esse tipo de marketing só serve para diminuir as mulheres e suas razões para querer uma arma”, diz a autora (tradução minha).

O mascote utilizado na campanha é um robô cor de rosa usando sainha e top. E ela diz coisas do tipo “[os produtos] fazem um homem chorar que nem mulherzinha!”. Como é que algo voltado às mulheres pode diminuir… as mulheres? Porque não sei se fica claro para todo mundo, mas “chorar que nem mulher” quer dizer que somos frágeis, descontroladas e indefesas! Não é exatamente o contrário do que uma mulher que procura meios de se proteger precisa? Ela busca se sentir segura, forte e capaz.

A partir do texto de Rebecca Hoffman, Lindy West escreveu um sarcástico texto para o Jezebel gringo. “Sei que todas lembramos daqueles tempos sombrios antes de armas cor de rosa serem inventadas – quando a única defesa de uma mulher era oferecer ao criminuoso uma travessa de deliciosos cookies (huuuuummmm!!!) e depois ficar em posição fetal. Afinal, o que poderíamos fazer? Usar produtos de cores normais? Tipo os usados pelos homens? Que horror!!!”

“É óbvio que as mulheres podem comprar o que quiserem, mesmo que o produto seja estúpido. Eu gosto de muitas bobagens que me deixam super feliz,  como Otter Pops e brincos fuleiros da Claire’s. Isto posto, VOCÊ TÁ DE SACANAGEM COM A MINHA CARA, MANO? Nós não conseguimos tratar as mulheres como adultas mesmo quando estamos literalmente tentando ajudá-las a não serem estupradas?

O fato de que muita gente não leva as mulheres a sério não está em questão. É verdade. Mas como as mulheres serão levadas a sério se nós as ensinamos a se comportarem como crianças frívolas? A chance das mulheres serem predispostas geneticamente a quererem tudo em rosa é zero. “

Daí a autora lembra de quando trabalhou em uma loja e perto do caixa havia um display com alicates cor de rosa. Ela conta que a dez metros dali uma mulher era atendente na seção de ferramentas, onde se vendia “alicates de verdade que não quebravam simplesmente porque uma borboleta fez cocô nas calças no Japão ou algo do gênero”. “Mas não, as mulheres queriam os alicates bonitos. E, ainda pior, os homens realmente queriam comprar aqueles apetrechos para as esposas.”

ferramentas cor de rosa 1.jpg Rosa em tudo. E mulheres, sempre, frágeis e delicadas...

Você tá pensando que são só alicates? Tem martelo, estilete…Tudo bem ~feminino~

Oh, eles são perfeitos para a minha esposa!  Por quê? Por que ela é imaginária e mora no lixo, onde é o único local possível para esses alicates? Oh, minha esposa vai adorar isso! Sério? Porque ela ama qualquer tralha inútil desde que tenha uma merda de uma flor? Quem é a sua esposa – uma abelha de desenho animado que se apaixonou por uma pintura de um jardim porque é estúpida demais para entender que é uma ilustração? Sério, meu senhor. Eu odeio você e sua esposa-abelha.

Agora, meu arqui-inimigo (alicate) é uma coisa. Mas aplicar essa estética arbitrária para produtos cuja única função é salvar a vida das mulheres me insulta tão profundamente que faz minha vagina chorar. Segurança não precisa “estar na moda”. Autodefesa não é um joguinho. Pessoalmente,  prefiro saber que o fabricante do meu spray de pimenta estava mais preocupado em fabricar um produto que funciona do que em fazer uma embalagem estilosa que pode ser “usada do dia e à noite”. Mulheres podem usar “brinquedos de garotos”, nós podemos priorizar qualidade e não estética,  nós podemos viver num mundo que não foi deixado “mais feminino” ou “mais cor de rosa” para nós, e, claro, nós podemos gostar de coisas bonitas também. Eu gosto de coisas bonitas. Mas gosto ainda mais de ser tratada seriamente como um ser humano.”

Compartilhe!
  • more Rosa em tudo. E mulheres, sempre, frágeis e delicadas...


Fatal error: Uncaught CurlException: 60: SSL certificate problem, verify that the CA cert is OK. Details: error:14090086:SSL routines:SSL3_GET_SERVER_CERTIFICATE:certificate verify failed thrown in D:\web\localuser\cemmaisum\www\wordpress\wp-content\plugins\seo-facebook-comments\facebook\base_facebook.php on line 825