Proteção no sexo anal

Letícia F. July 11, 2012 142
Proteção no sexo anal

O leitor Fernando fez o seguinte comentário no post Aqui ninguém toca! (o post ainda não está no ar aqui no Cem +1):

Letícia,

Eu tenho uma dúvida com relação a sexo anal com minha namorada. Tenho um relacionamento estável, de quase três anos, e a gente tá conversando muito e vai experimentar o anal. Somos jovens, e eu fui a primeira vez dela e ela tbm a minha primeira vez. Um dia eu tava fazendo um oralzinho gostoso nela e, quando ela gozou, tirou minha cabeça ali da posição que eu tava, pra parar de chupar ela mesmo, pq ela não tava aguentando mais. E claro, com jeitinho eu saí e tudo, mas como ela tava de quatro, linda e se acabando de gozar, eu não aguentei.. ela gozando comecei a chupar o cuzinho dela (algo que eu nunca tinha feito antes e nem ela recebido), e eu gostei muito, e senti que ela também amou, gemeu muito. Depois, qdo a gente foi conversar, ela me falou que se surpreendeu, até pelo preconceito que tinha com relação a isso e que adorou… não usamos camisinha (ela toma remédio), temos um relacionamento muito bom, a gente se ama muito, temos quase dois anos e meio de vida sexual, eu nunca traí, acredito muito no nosso relacionamento, amo muito ela, e acredito que ela pensa da mesma forma.

Mas aí fica uma pergunta: devo usar camisinha no sexo anal com ela? Já li em alguns artigos na internet que devo sim, sempre, pelos riscos do sexo anal, já que é uma região muito vascularizada e tudo, e jamais introduzir o penis na vagina da minha parceira depois que eu tiver introduzido no ânus, o que eu sei, faz muito sentido. Mas essa regra também vale pra gente, que vive um relacionamento estável? Quando ela falou que ia pegar uns produtos na farmacia que ela trabalha pra gente tentar o anal, eu pedi pra pegar umas camisinhas também, e ela me perguntou se eu tinha nojinho.. eu falei que não, não tenho mesmo, e expliquei a situação toda.. somos muito bem resolvidos sexualmente, esclarecidos, somos universitários, eu faço fisioterapia e ela enfermagem, e na área da saúde lidamos com sexologia também.. mas vc acha realmente necessário usar camisinha em sexo anal pra quem vive um relacionamento estável?

Eu não vou tapar o sol com a peneira e fingir que casais juntos há mais tempo sempre transam com camisinha. Sabemos que não é assim. Acho que todos estão cientes do  risco de traição, né? Acredito que quando se está apaixonado rola aquela convicção que o namorado/marido não está pulando a cerca. Por conta disso, o número de mulheres da terceira idade infectadas com o HIV tem aumentado muito – o vírus é transmitido pelos próprios maridos.

Mas digamos que você quer correr esse risco. O fato de você ser monogâmico e ter nenhuma ou quase nenhuma experiência sexual não quer dizer que você não tem alguma doença sexualmente transmissível. Lembrem-se que há outras formas de contágio, como agulhas infectadas. E se usam agulhas em tatuagens, no dentista e para furar a orelha! Portanto, antes de tomar essa decisão é imprescindível fazer uma bateria de exames, incluindo hepatite e hpv.

Está tudo ok?

Decidiram transar sem camisinha mesmo?

Vamos ao sexo anal, então. E pra isso peço ajuda a Sue Johanson, aquela apresentadora do GNT que fala sobre sexo. No livro ABC do Sexo, ela fala sobre sexo anal. Copio alguns trechos abaixo:

Sue diz que “você pode pegar herpes ou verrugas venéreas em volta e dentro de seu reto, doenças dolorosas e difíceis de tratar, contrair sífilis ou gonorreia retal, para as quais há tratamento, mas que não são nem um pouco legais”.

A grande possibilidade do contágio deve-se à fina membrana do reto, além da vascularização que o próprio leitor se referiu. A cicatrização no reto não ocorre facilmente, então é possível que exista alguma ferida ali dentro. Mais Sue: “Há a remota possibilidade de que uma fístula (ou canal) abra-se, permitindo que as fezes entrem na cavidade abdominal ou na vagina, o que geralmente causa uma infecção terrível e precisa de tratamento cirúrgico”. Ah, e lembrem-se das hemorróidas também (sexo anal não dá hemorróidas, mas se você já tem, ela pode ficar mais dolorida).

Então, sim, é preciso usar camisinha no sexo anal. Até porque pode ser que seu pau saia lá de dentro sujo de cocô, e o preservativo pode poupar um certo constrangimento. A dica do Fernando também é valiosa: jamais introduza o pênis dentro da vagina com a mesma camisinha usada no sexo anal. Mesmo que sejamos limpíssimos e saudáveis, rolam umas bactérias que podem dar infecção grave na garota. Sem camisinha, aliás, o homem também pode ter a uretra infectada.

Camisinha sempre.

***

Na caixa de comentários há um campo para vocês colocarem seus emails. Eu peço que vocês escrevam o endereço certinho. Às vezes tenho vontade de alongar alguma conversa, tirar dúvidas, mas não sei como entrar em contato com vocês. O email jamais será revelado, prometo!

Post originalmente publicado em 7 de outubro de 2011 no Cem Homens.

PinExt Proteção no sexo anal

Compartilhe!
  • more Proteção no sexo anal

142 Comentários »

  1. Linda October 7, 2011 at 19:02 - Reply

    O sexo anal é sempre um tabu como outras formas de prazer tbm,mas o que vejo ultimamente que muitas pessoas estao saindo dos armarios e deixando essa coisa de achar sujo,nojento,errado coisas que sempre a sociedade quer manter como algo fora do normal,um relacionamento so pode ser legal quando tudo funciona bem,isso inclui na cama tbm,nao sendo como um algo que seja vital,mas importante o suficiente para muitos lares estarem se acabando.Eu penso da seguinte forma se tudo esta de comum acordo a ambas as partes pq nao tentar e gozar bastante,afinal,nunca saberemos aquilo que nao curtimos sem tentar primeiro.E o fato do cuidado na relaçao com uso de camisinha é sempre fundamental,pois o uso da mesma nao é somente pra evitar filhos e sim varias DST que nunca se mostram,so aparecem.
    Bjos

  2. Patricia October 7, 2011 at 19:06 - Reply

    Realmente o beijo grego e maravilhoso, so que tb vivo um relacionamento estavel e curtimos muito anal, apesar de saber dos riscos, nao usamos camisinha.

    • Menina October 8, 2011 at 15:24 - Reply

      Patricia, vc pode pegar uma vaginite fazendo isso, sabia? Vaginite: infecção bacteriana causada por um desequilíbrio da flora vaginal.

      É algo relativamente bobo de tratar, mas q geralmente dá uns 10 dias de molho sem poder ir a praia e nem transar.

      • hannah October 8, 2011 at 19:41 - Reply

        vaginite? ela não disse que faz vaginal depois de anal…!

  3. Amelie Poulain October 7, 2011 at 19:06 - Reply

    Nossa! Os dois são da área da saúde e ainda têm uma dúvida dessas!!! Meodeos!!!! ;D
    Mas o post é muito válido, porque muita gente tem dúvida sobre esse assunto!!
    Parabéns, Letícia!! Informação sem preconceito é bom demais!!

    • NINA October 8, 2011 at 12:35 - Reply

      Também fiquei de cara…

  4. Fernanda October 7, 2011 at 19:10 - Reply

    Nossa também tenho várias dúvidas sobre o sexo anal.
    E até hoje não o fiz por medo de doer…
    Meu marido me cobra muito, estamos juntos a sete anos e gostaria muito de fazer isso pra ele, mas tenho medo de doer e não aguentar, mas eu tenho muita vontade de fazer não faço pelo medo de doer, tem algo que eu possa usar para que não doa tanto a ponto de eu ter medo????
    Espero que vc possa me ajudar.
    Abraços adoro ler os seus posts…

    • hannah October 7, 2011 at 19:58 - Reply

      cara, não dói. se vc quiser e estiver ok e não tiver nada que te trave, não dói. se doer, vc não faz e faz qdo estiver mais preparada. só falo uma coisa: JAMAIS use qualquer coisa pra tirar uma possível dor. jamais. muita gente indica xylocaína. por quê? gente, quem recebe o pênis não vai sentir nada. e o pior, se machucar, tbem não vai sentir e aí, sim, o resultado pode ser desastroso. imagina, pode abrir uma fissura, machucar uma hemorróida que já existe e vc não vai sentir nada! não faça essa loucura! tente com dedos lubrificados antes. até vc mesma no banho pra entender a sensação. existem uns negócios em sex shops que são mais finos. tipo pênis de borracha, só que sem formato de pinto. vc pode ir começando assim…

      • hannah October 7, 2011 at 20:47 - Reply

        ah, mais uma dica – é legal a mulher (ou quem for receber o pênis) guiar a primeira penetração. digo isso pra que a mulher aprenda a sentir o esfíncter se abrindo e relaxando. tipo, deixa entrar uma vez bem devagar e vc controla essa velocidade (se vc estiver de ladinho, vc pode controlar indo mais pra trás ou mais pra frente, tipo sentando no colo dele). depois, ele vai tirar e querer enfiar de novo. te garanto que, a partir dessa, vc não vai ter mais muita dificuldade. o esfíncter relaxa. lembro que, no início, eu só combinava isso com o parceiro – a primeira enfiada eu controlo. espero ter ajudado um pouquinho. ah, e muito ky.

        • Anonymous October 8, 2011 at 00:17 -

          um parceiro carinhoso ajuda muuuuito na penetracao anal…

    • :) October 7, 2011 at 20:02 - Reply

      sugiro utilizar geis para anal juntamente com o lubrificante tradicional… e para ficar mais confortavel no inicio, é bom utilizar um vibrador na frente, para “compensar” caso haja algum desconforto, mas é bom siiim

      • Letícia F. October 7, 2011 at 20:08 - Reply

        Geis anestésicos NÃO FAZEM BEM! Não usem!!!

        • indenominável October 7, 2011 at 21:03 -

          por que ?

        • Letícia F. October 7, 2011 at 21:08 -

          Pq se anestesia, tira o prazer, certo? E se anestesia e estiver machucando, a pessoa não percebe. Só depois que passar o efeito é que vê o estrago.

    • fada feliz October 9, 2011 at 13:41 - Reply

      ah!! essa coisa de doer e não doer depende muito do dia e da vontade…
      eu faço anal e tem dias que eu não sinto dor nenhuma…já tem dias que sinto um desconforto, mas não sinto dor..acho que o desconforto é pq fico com um pouco de neura se posso sujar meu marido e etc….
      se dói eu mando parar e não tento mais…
      as vezes meu marido tenta com tanto jeitinho que acaba me convencendo e é muito bom…

      mas uma coisa posso te garantir:
      depois de uns beijos gregos vc vai pedir pra fazer…kkkkk

    • msdb January 16, 2012 at 21:02 - Reply

      Olá, tirando a primeira vez que meu namorado e eu tentamos fazer anal (logo no início pedi para ele parar pq doeu um pouco, e ele parou imediatamente) não senti nenhuma dor. No início usávamos lubrificante. Depois só com as preliminares e alguns beijos em regiões estratégicas já passaram a ser suficientes para eu ficar bem relaxada. Sempre começamos bem devagar, ele sempre penetra gentilmente no início.. se a mulher estiver gostando acho que o ânus relaxa naturalmente. Não vou mentir e dizer que todas as vezes tenho orgasmos, mas todas as vezes que tive orgasmos por anal foi bem mais forte do que pela vagina.
      Acho que se você está com curiosidade deveria tentar. Mas tens que ser a dona da situação! Não deixe seu marido fazer o q ele quiser e como ele quiser!

  5. Bruh October 7, 2011 at 19:10 - Reply

    Oi Lê.. primeira vez q comento aquiii…
    vamos lá..
    Já fiz anal com meu primeiro namorado.
    Hoje namoro a 3 anos, tenho 22 anos,e uma filha de 2. Meu “namorido” morre de vontade de fazer anal em mim, mais eu nunca deixo.. Brigamos muitooooo por causa dessa situação.. mais sei lá. algo dentro de mim trava total.. e sem contar que eu odieiiiii muitoooo a primeira vez… Não sei o que eu faço pra ele entender que pra mim isso não é legal!

    Beijos…
    Adoro seu Blog..

    • hannah October 7, 2011 at 20:02 - Reply

      fala pra ele ler as respostas aqui. se vc não quer algo que ele quer, sinto muito. se realmente te faz mal, vc não gosta, vc não quer, ele vai ter que lidar com isso. não é todo mundo que gosta de tudo. vc tbem tem que ser considerada durante o sexo. o sexo é feito por, pelo menos, duas pessoas. se uma não quer, ela não vai ter prazer. eu não gostaria de fazer algo em alguém que não dê prazer. ele tá sendo egoísta.

      • hannah October 7, 2011 at 20:21 - Reply

        letícia, desculpe me meter muito nas respostas… mas não me aguento. quis dizer só mais uma coisa aqui: ele quer te convencer a fazer uma coisa que vc não gosta brigando? deus me livre! se tem uma coisa que eu sei sobre o ser humano é que, se ele sabe que existe uma coisa que muita gente gosta, mas ele não gosta, por mais que ele negue, ele (o ser humano) vai pesquisar, vai ler, vai testar, vai tentar. eu ainda acho que vc um belo dia poderia estar mais bem resolvida se ele não brigasse. sério, insistência comigo tem efeito oposto. e vc falou uma coisa que me ligou o alerta vermelho de como tá a situação. vc falou “fazer anal em mim” e não “comigo”. ele vai fazer em vc e vc não vai fazer com ele? ah, a análise do discurso… ok, viajei, mas, pô, brigar pra vc ceder? afe.

  6. hannah October 7, 2011 at 19:24 - Reply

    oi, letícia. eu não gosto das coisas que a sue fala. muitas e muitas vezes fiquei de cara de algum conselho que ela deu e eu fiquei de cabelo em pé. sério, eu não acho que ela seja correta sempre. aliás, ninguém é, mas já fiquei muito de cabelo em pé. outra coisa, nem todos os tipos de hpv dão verrugas. aliás, meu médico falou que os mais agressivos, que evoluem pra câncer, costumam não dar verrugas. ele me disse inclusive que muitos tipos de câncer de garganta e reto são causados pelo hpv. por isso, camisinha, sim. câncer de reto não é legal. mata. mesmo que não mate, o tratamento não é só químio sempre. é bem ruim. a verdade é que o popô não é lá o lugar mais limpo do mundo e esse casal, até pelo que cada um estuda, deveria saber que não é questão de nojo. pelo mesmo motivo que ele não vai tirar o pênis do ânus e penetrar a vagina, ele tbem não deveria penetrar o ânus sem camisinha. penetração na vagina depois de anal é pedir pra ter infecção ginecológica e/ou urinária (nossa uretra é bem curtinha e isso é um passo pra infecção urinária também). no caso dos homens, apesar de eles terem a uretra mais longa (único caso de inveja do pênis que eu poderia ter…), algum bichinho pode subir pela uretra e dar uma uretrite ou até infecção urinária. muito difícil, mas pode acontecer (se o cara quiser mesmo assim, fazer xixi depois do sexo pode ajudar a lavar a uretra e tirar qualquer bichinho que tenha entrado). infecção urinária não é legal e pode evoluir pra uma pielonefrite e, sim, se mal cuidada, leva a pessoa pro hospital. dependendo da bactéria, mata. e infecção urinária nem é dst. é algo de enfiar bactérias de um lugar onde elas são bem-vindas e levá-las pra um outro em que elas podem fazer mal. não é questão de nojinho, mas é bom usar camisinha. o negócio é que eu já fiz muito anal sem camisinha. o foda é que a gente sempre acaba correndo riscos calculados. “calculados” porque era um parceito de anos (no pun intended) e ele tinha feito toooodos os exames possíveis qdo a gente resolveu suspender a camisinha. ah, e sexo anal NÃO DÁ HEMORRÓIDAS. o que pode rolar é isso falado aí de fissura ou pode piorar algum caso de hemorróida inflamada. mas não dá hemorróida.

  7. Lara October 7, 2011 at 19:46 - Reply

    Eu faço sexo anal com o meu namorado e, até onde me lembro, jamais usamos camisinha. o_O No começo, inclusive, usávamos lubrificante, mas, hoje em dia, vai só com saliva mesmo… É muito gostoso, aprendi a ter prazer através disso, e o orgasmo do sexo anal + ele me masturbando é indescritível… Mas, sinceramente, depois de ler, ainda que brevemente, sobre gonorreia retal…….estou feliz de não vê-lo hoje à noite! kkkkkkk

    • Letícia F. October 7, 2011 at 19:51 - Reply

      Lara, as infecções abdominais também podem ser muito graves.

    • Menina October 8, 2011 at 15:28 - Reply

      Lara, msm q dê td certo, ou seja: vc não se machuque, ele não se machuque, ambos tomem um bom banho logo depois, etc; ainda assim vc e ele podem ficar com alguma infecção bacteriana. Camisinha não atrapalha em nada, tratamento de infecção sim, de 10 a 15 dias de recesso geralmente =P

  8. Juliana October 7, 2011 at 19:59 - Reply

    Sexo anal sem camisinha pode dar problema mesmo em quem não tem nenhuma infecção ou doença..
    As bactérias do reto (por ex. a E.coli) q vivem naturalmente no intestino pode ascender pela uretra e causar prostatite e outras infecções no homem principalmente.

    • Letícia F. October 7, 2011 at 20:07 - Reply

      Exatamente. São bactérias que vivem bem no lugar onde estão, não podendo ser “transportadas” para outro local.

  9. Rubi October 7, 2011 at 20:01 - Reply

    Essa semana tive minha primeira relação anal! E foi sem camisinha… E eu sei dos riscos. Não sei lidar com parceiro que se nega a usar.

    • Letícia F. October 7, 2011 at 20:07 - Reply

      Rubi, como seria ter de lidar com HIV? Pior, não?

    • indenominável October 7, 2011 at 21:00 - Reply

      é só dizer: se vc não quer com camisinha, tem outros que vão querer…

  10. Capitu October 7, 2011 at 20:08 - Reply

    Lê, parabéns pelo post… como sempre arrasando Paris em chamas!! kkkkkkkk, eu curto sexo anal, curto muito, mas sempre com camisinha… a região é cheia de bactérias que são uma verdadeira PRAGA. Todo cuidado é pouco. Mesmo sendo fiel, sendo monogâmica, sendo isto ou aquilo, não tá em questão quando o assunto é sexo anal, o meu só rola com camisinha!

  11. Oh RLY October 7, 2011 at 20:24 - Reply

    Eu sou um dos raros casos de gente que usa camisinha com o namorado (estamos juntos há quase cinco anos e ainda usamos o combo camisinha + pílula). Perguntei para ele se ele queria experimentar sexo anal mas ele não se importa com isso – o que é ótimo, porque eu acho sexo anal um tédio.

    • October 7, 2011 at 20:46 - Reply

      tedio?

      • Oh RLY October 7, 2011 at 23:59 - Reply

        Tédio, oras. Não curto. Acho chato, não sinto prazer lá e não foi por falta de tentativas.

    • joana October 8, 2011 at 01:27 - Reply

      vc é sortuda, dificil encontrar um cara que seja que use camisinha

    • NINA October 8, 2011 at 12:39 - Reply

      Parabéns. Eu nunca transei sem camisinha, nem em relacionamentos. Mas os meus nunca passaram de 6 meses.

  12. Silvinha October 7, 2011 at 20:38 - Reply

    Até que enfim hein Leticia? Até agora só comentários legais,se aparecer uma xexelenta daquela do último post(esqueci o nome dela) eu mato ela…rsrsrsrsrs.Beijossss

  13. Silvinha October 7, 2011 at 20:40 - Reply

    Lembrei: Paola…chata demais….

    • hannah October 7, 2011 at 21:16 - Reply

      gente, agora que fui lá ver. sério, acho que a letícia nem deveria terminar de ler esses comentários. qdo identificasse que são desse nível, já poderia deletar. tem certas coisas que nem fazem bem. a gente pode trocar ideias, experiências, aprender um com o outro… e nego vem no maior espírito de porco! eu escolheria usar a internet pra melhorar minha vida de qualquer outro jeito se eu odiasse este blog.

  14. Dehss October 7, 2011 at 21:33 - Reply

    Oii Lê! Tudo bem?
    Nossa.. acho q ainda não tinha comentado nesse novo layout! hehehe.. apesar de te ler sempre num novo post..! A vida por aqui tá bem corrida.. então eu leio.. e comento ‘telepaticamente’! hahah.. sério..! Vamos ao assunto..!
    Bom.. não sei se vc vai lembrar d mim, fui uma de suas ‘primeiras’ leitoras.. até te enviei um email falando do ANAL!
    Me animei em fazer.. comprei camisinhas.. comprei lubrificante (cheia de vergonha na farmácia.. q horror!).. e… ainda não tomei coragem! =
    Como outras já disseram.. MEDO! Medo do desconhecido.. do tabu.. dos comentários ouvidos..!!
    Meu marido insiste e persiste TANTO q acabo perdendo o tesão de tão chato q essa insistencia se torna.. tenho vontade de experiementar.. confesso.. mas chega lá na hora H e plut.. nada de tesão.. travo e não deixo ele nem encostar…
    Um dia ei de conseguir.. e venho relatar! =)
    Beijinhoss..!
    Continue escrevendoo!! Adoroo!! :D
    Ps. Adorei as Pin ups! Sou fã delas! heheeh

    • Gabs October 8, 2011 at 13:08 - Reply

      Na minha primeira vez tinha tomado um espumante… Mas nada de exagerado, não pra ficar bêbada (ou então não sentiria nada, nem pro bem nem pro mal), mas pra ficar mais soltinha, mais relaxada. E assim foi, com jeitinho, relaxada e foi bem bom! rs

  15. F... October 7, 2011 at 21:34 - Reply

    Hj vou comentar com outro pseudo.
    Fiz anal c/ meu noivo algumas vezes tds sem camisinha, vou fazer uma confissao, a uns 6 anos quase 7 fui diagnosticada c/ HPV, jamais falei p/ alguem, fiz o tratamento e fiquei boa, na verdade o virus nao chegou a contaminar o utero, estava apenas localizado na vulva gerando as tais verugas, a medica disse q provavelmente poderia voltar, graças a Deus nunca voltou, ja passei por 3 outra medicas nesse tempo uma delas ate por mto tempo, porem nenhuma encontro a presença do HPV em nenhum dos exames q fiz, bem qd vc falou q tais doenças poderiam instalar-se no anus fiquei louca imaginado q a doença pode esta lá e eu nao perceber.
    Algumas vezes penso q possa ter ficado realmente livre da tal doença, sei q e um virus e n sai do nosso corpo, porem tenho fé, e com fé td se cura.

    Bjo Lê

    • Letícia F. October 7, 2011 at 21:36 - Reply

      Querida, desculpe discordar. Crenças são crenças, eu sei. Mas HPV não é curável. Faça exames mais profundos.

      Beijo.

      • hannah October 7, 2011 at 21:46 - Reply

        é… eu tbem iria a um procto e contaria isso. de qualquer forma, hpv pode ser que nem herpes. já viram gente que manifesta herpes uma vez e nunca mais? isso acontece com o hpv. mas que fique claro: isso pooooooooode acontecer, é uma possibilidade, não uma certeza. f…, sem neuras! vá a um médico e faça um exame simples (normalmente, só enfiar um dedo) pra tirar essa coisa da cabeça. agora a coisa horrível que meu médico falou: cerca de 70 a 80% da população brasileira sexualmente ativa “já teve contato com algum tipo de vírus do hpv”. ter esse contato pode ser ter a doença, ter tido contato e não ter contraído… enfim, tudo é possível. mas esses números são alarmantes, né? e sei de outras coisas bem piores. hahaha. ou seja, camisinha!

        • Aline October 7, 2011 at 23:14 -

          Eu fui conversar com uma médica sobre o HPV e descobri que existem MUITOS tipos diferentes de vírus, são vírus mutantes, como o da gripe e o do HIV, descobri que alguns dos subtipos podem ser curados(os mais fracos, o corpo reage e cria anti-corpos) e outros são incuráveis e podem causar cancer de colo de útero e câncer peniano.
          E descobri uma vacina que protege contra quase todos os subtipos mais graves. Até o começo desse ano era só aplicado em mulheres e custava 280,00 a dose, são 3 doses.

          Aline

        • hannah October 8, 2011 at 02:06 -

          os médicos têm dado em adolescentes que vão ainda começar a vida sexual. mas há quem diga que, por ser importada, não protegeria contra todos os tipos mais comuns no brasil. mas é uma coisa a se pensar. não protege contra tudo, mas protege. falei com meu médico e ele disse que acha bobeira porque eu já tenho bem mais de 12 anos. hahaha. mas é um assunto que sempre volta à baila e eu vou falar com ele de novo sobre isso em alguns meses…

        • Carolina October 8, 2011 at 13:17 -

          Gente, tenho uma péssima notícia… Camisinha não necessariamente protege contra o HPV. Quer dizer, imagino que ajude a proteger, mas é possível contrair HPV mesmo usando camisinha.

        • hannah October 8, 2011 at 14:22 -

          existe uma lenda sobre pequenos orifícios no látex, blah blah, mas eu não consideraria essa. no entanto, o mais comum, mesmo se usando camisinha, é qdo a lesão nos órgãos genitais de um toca a pele do outro. hpv pode dar na boca, no mamilo (essa do mamilo foi meu médico que contou), na virilha, na vulva, no saco, ao redor do ânus… aí, na mexeção toda em tudo qto é canto, sim, é possível transmissão.

        • M October 8, 2011 at 15:34 -

          É q nem herpes, tem q evitar contato sexual enquanto está com as lesões. Na verdade um pouco mais complicado, já q podem haver micro-lesões. Onde o latex consegue cobrir tá beleza, o problema é onde ele não cobre…

        • Carolina Cruz October 10, 2011 at 10:02 -

          Não me referia à lenda dos furinhos, mas ao contato com áreas não protegidas mesmo.

  16. Priscila October 7, 2011 at 21:45 - Reply

    Um grande tabu para mim, as poucas vezes que tentei não consegui.
    Tenho vontade de tentar, mais falta coragem…
    Adoro seus posts!!!
    Bjs

  17. Priscila Escorpiana October 7, 2011 at 21:49 - Reply

    Há um mês eu comecei a fazer sexo anal. Tô adorando, apesar de alguns pequenos desconfortos que às vezes ocorrem no dia seguinte. A parte boa dessas experiências é que todas as encanações que eu tinha – medo de “sujar” o pau do cara, por ex. – caíram por terra. Até agora não aconteceu nenhum problema, e olha que nem precisei fazer aquela limpeza interna, acho que se chama enema. É só estar em dia com as suas obrigações intestinais, e claro, com a devida higienização de sempre, que nada de mau acontece. =)
    A parte ruim é que não usamos camisinha. Tivemos o cuidado de não fazer penetração vaginal depois da anal, mas não usamos nenhuma proteção. Vacilo total, que pretendo não repetir… mas no calor da hora, com quem a gente confia… ai ai ai… fica difícil…

    • hannah October 7, 2011 at 21:54 - Reply

      hahaha, tava aqui só atualizando pra ver quem seria o primeiro a comentar sobre “passar cheque”. hahaha. cara, nunca aconteceu comigo. até que uns amigos gays, numa noite em que não tinham nada de melhor pra fazer, ficaram me enfiando minhoca na cabeça. passei a ter medo disso. mas concordo contigo. manter em dia as “obrigações intestinais”(amei. ahhaha). =) e enema faz mal se feito várias vezes… estraga a flora intestinal. nunca fiz tbem.

      • Letícia F. October 7, 2011 at 22:01 - Reply

        eu nunca fiz lavagem e nunca passei cheque!

        • Priscila Escorpiana October 8, 2011 at 00:02 -

          Eu detesto essa expressão “passar cheque”. Não consigo entender o que a tão usada ordem de pagamento tem a ver com cocô!
          Mas enfim, graças aos deuses do Olimpo, isso nunca aconteceu. Na verdade, eu nem sei se me importaria tanto, é mais receio da reação do cara. E também, que se foda. Tá metendo o pau no cu da gente e espera encontrar o que ali? Mel?

        • Letícia F. October 8, 2011 at 00:47 -

          Sim, quem faz sexo anal deve sempre contar com essa possibilidade!

        • hannah October 8, 2011 at 02:02 -

          hahah, pois é. nesses casos, nojinho é besta. “passar cheque” é porque quem passa fica com nome sujo na praça. péssimo, eu sei.

        • Marcella D. October 9, 2011 at 10:27 -

          Também por isso não gosto de sexo anal. Tentei 2/3 vezes, não gostei, e ficaria morrendo de vergonha se tivesse “passado o cheque” como disseram :O

          Por isso fico só no fio-terra e tá bom demais.

          Já ouvi de uma amiga em uma roda de auto-fofocas tempos atrás que um peguetezinho dela queria gozar no ouvido (dela). Isso achei nojentíssimo, o equivalente sexual de jogar vodka no olho.

        • msdb January 16, 2012 at 21:10 -

          Concordo plenamente. Já aconteceu comigo e nem eu nem me namorado nos importamos muito com isso… Depois tomamos banho e pronto.

      • Menina October 8, 2011 at 15:37 - Reply

        Putz, isso q dá ficar vendo filme pornô.

        Tá na chuva é pra se molhar, se tá no c* pode sair c/ merda sim.

        Usem camisinha! uahuahuahau

        Por essas e outras q acho uma coisa boa pra se fazer só com certa intimidade, afinal a possibilidade existe.

  18. Fabi October 7, 2011 at 22:26 - Reply

    As poucas vezes q fiz sexo anal c/ meu noivo poucas vezes e tds elas sem camisinha, p/ mim e bem dificil sexo anal a dor e tremenda, qd o tesao ta mto grd a coisa rola.
    Bem a partir d agora diante td q foi descrito s rolar vai sem com camisinha c/ certeza.

  19. Fabi October 7, 2011 at 22:33 - Reply

    Leticia adorei seu blog! Aposto que muitas mulheres, inclusive eu, gostariam de ter a coragem q vc teve e assumir realmente suas necessidades e supri-las sem medo de ser feliz. Muitas vezes reprimimos nossos desejos por medo da opinião alheia, dos preconceitos da sociedade…
    Não fique chatiado com aqueles que te recriminam para criticar tem mil contra 1 para te dar apoio!
    Um abraço!

  20. Natália October 7, 2011 at 23:21 - Reply

    Eu vou fazer dois anos de namoro e dois anos de sexo com ele. Também temos um relacionamento estável e já transamos sem camisinha algumas vezes (na hora da pressa). Mas paramos com isso porque, apesar de eu tomar remédio, tenho medo de dar alguma merda.

    Apesar disso, não fazemos sexo oral com camisinha. Tenho vontade de pedir pra usar camisinha, mas tenho medo da reação dele. Não é que eu não confie… Sei lá. Não sei mesmo. Mesmo mesmo.

    • hannah October 8, 2011 at 02:04 - Reply

      não é nada pessoal, mas me lembrou isso de “tomar remédio”. a gente toma remédio pra doenças. eu tomo pílula mesmo.

  21. Lili October 7, 2011 at 23:23 - Reply

    Eu adoro sexo anal, a primeira vez que fiz foi horrível, depois, com outro cara que fazia muito melhor, eu passei a gostar, com esse cara, de todas as vezes que eu sai, a maioria rolava só anal, pq EU pedia. Com ele eu aprendi como relaxar, como me mexer, como me posicionar, de maneira que meu corpo sentisse mais prazer.
    Fiz anal com outros caras depois, descobri gelzinhos, mas muitas vezes consigo fazer só com a lubrificação da camisinha.
    Eu geralmente consigo ter orgasmos só com sexo anal, coisa que não consigo com vaginal, que preciso de outros estimulos junto.
    As vezes faço uma dupla penetração, com um plug, um consolo ou um vibrador e tenho muita vontade de fazer com dois caras.
    Eu aprendi que o mais difícil é entrar a primeira vez, que você tem estar bem relaxado, mas depois é só curtir.
    É gostoso antes do sexo anal, o anus ser estimulados, com chupadas, dedos, consolos e depois a penetração, pois ele estará mais relaxado.
    Uma vez, o cara colocou tudo de uma vez dentro de mim, com força, sangrou, doeu e eu gritei de dor. É horrível quando feito bruscamente mas com delicadeza fica muito bom.

  22. Succubus October 7, 2011 at 23:28 - Reply

    Adoro anal, mas não é sempre que eu estou relaxada o suficiente pra fazer. Estou lá, doida de tesão, mas por algum motivo inconsciente não consigo relaxar. Ainda bem que o meu namorado é maravilhoso e paciente, sempre começa com os dedos pra ter certeza que estamos no ponto.

    O que me ajuda muito também, além de começar com os dedos, é beber algumas taças de vinho. Consigo relaxar mais fácil, e não dói nada. Bom, fica a sugestão pra quem tem vontade, mas ainda tem medo.

    O orgasmo é maravilhoso, pra mim parece até mais intenso que na penetração vaginal…

  23. Anna October 8, 2011 at 00:04 - Reply

    Olha, eu sei que não é bem esse o assunto principal do post, mas acho que cabe falar aqui.
    Eu tenho um relacionamento de mais de quatro anos, meu primeiro namorado, sempre teve uma conduta impecável comigo, já namoramos a distância por um tempo e etc. Confio nele de olhos fechados, e ele faz exames periodicamente pq a empresa onde ele trabalha exige.
    Mas usamos camisinha em TODAS as nossas relações. Quando conto isso, por exemplo, em uma roda de amigas, sempre me perguntam “mas por que?” e eu respondo devolvendo a pegunta: por que VOCÊ deixou de usar?
    Dá mais prazer? Esse argumento reduz uma transa a um pau e uma buceta. Claro, essa parte é muito importante e por sorte nem eu nem ele temos problemas pra gozar com camisinha, mas é só isso? É só o contato desses dois pedacinhos do corpo que determinam o seu prazer? Porque o meu envolve toque, carinho, olho no olho, o calor da pele dele, os sussurros (gritos, gemidos, etc), o cheiro, o ritmo, os beijos… E a camisinha não atrapalha nada disso.
    Não, não pretendemos abolir a camisinha. Eu tomo meu anticoncepcional com uma regularidade exemplar, faço meus exames periódicos sem falhar e somos monogâmicos. Apenas não temos um BOM motivo pra deixar de usar.

    • Letícia F. October 8, 2011 at 00:46 - Reply

      Ótimo depoimento, Anna. E digo mais: antigamente as camisinhas realmente incomodavam. Pareciam um plástico durão, tinham odor desagradável. Hoje elas são muito melhores e confortáveis.

    • NINA October 8, 2011 at 12:56 - Reply

      Parabéns!

      Também penso assim.

    • Menina October 8, 2011 at 15:40 - Reply

      Parabéns moça. Isso é o tipo de comentário pra emoldurar.

  24. AnaL October 8, 2011 at 04:15 - Reply

    Oi Leticia, tenho lido teu blog com frequência, ele tem me feito pensar em mtas coisas sempre. Vai mto além de sexo. Meus pais foram casados por 17 anos, e tinham esse pensamento “somos casados, pra que usar preservativo”, com isso meu pai passou HPV e mais outra DST pra minha mãe. Além de ser o cara mais machista que eu conheço, ele não deixava ela usar blusa sem manga, ou seja, ela não podia mostrar os ombros. Minha mãe é uma mulher bonita, corpo bonito, meu pai falava pra ela q ela precisava engordar, pq ela tava ficando velha, se engordasse as rugas não iriam aparecer tanto. Claro q ele queria q ela engordasse pra que não notassem as suas formas e beleza. Ela engordou mais de 10 kg por que quis, não por perder o controle como geralmente acontece. Enfim, depois de doenças físicas e psicológicas causadas ela conseguiu sair do casamento e vive mto bem hj. Então, com essa lição em casa, aprendi que não existe como “confiar” e fazer sexo sem prevenção, camisinha sempre.

  25. Adri October 8, 2011 at 09:52 - Reply

    Gurias, eu faço anal sem preservativo. Nunca usamos preservativo, estou de cabelo em pé. Quando conversamos sobre traições, concordamos que quem pula a cerca tem que usar camisinha sempre, acho que é por isso que eu nunca me preocupei.Quanto a dor, senti na primeiras vezes que transei, quando perdi a virgindade e foi igual com o anal. Agora adoro, é claro que tem vezes que não estou a fim, mas isso é normal. Também senti dor na primeira vez que transei depois de um parto normal, foi pior do que quando perdi a virgindade.Mas nada como o tempo, a prática e um lubrificante.Este blog está cada dia melhor, os comentários ótimos.

    • Menina October 8, 2011 at 15:42 - Reply

      Adri, o problema é q se ele não “acostuma” a transar com camisinha com vc, q é com quem ele mais faz sexo, fica difícil ele absorver esse hábito e usar numa relação extra. Ponha suas barbas de molho msm.

  26. Lize October 8, 2011 at 11:19 - Reply

    Letícia, fugindo totalmente do assunto, toda vez que estro no seu blog meu computador dá uma travadinha, é normal?
    Beijo!

    • Letícia F. October 8, 2011 at 11:20 - Reply

      Lize, não sei se acontece com outras pessoas. Comigo, não.

      • juh October 9, 2011 at 20:42 - Reply

        comigo acontece tambem! geralmente quando clico nos comentarios de algum post, da uma travadinha sim… leva alguns minutos.

  27. NINA October 8, 2011 at 13:02 - Reply

    Ai que tristeza ver esse tanto de gente que abre mão de preservativo!

    Ainda mais no sexo anal, que é MUITO MAIS PROPÍCIO à transmissão de doenças. Porque, além de ser mais vascularizado, o ânus tem uma mucosa muito mais fina, assim, sofre muito mais microtraumas durante o sexo, facilitando a troca de fluidos – e patógenos.

    Por causa desse simples detalhe, depois vão me dar trabalho no ambulatório de doenças infecciosas e parasitárias.
    Gente, é sério, HIV não tem cara, e não é clichê, não.
    Todo tipo de gente tem, morador de rua, pessoas instruídas com nível superior, gays, usuários de crack, caminhoneiros, donas de casa, prostitutas, viúvas, beatas, avós e até o seu parceiro.

    • NINA October 8, 2011 at 13:03 - Reply

      (faço terrorismo MESMO)

      • Fernando October 8, 2011 at 15:49 - Reply

        Nina, concordo com seu ponto de vista. Sou Fisioterapeuta (como o outro Fernando) e é lamentável que a falta de informação / consciência da população acabe onerando a saúde pública. Percebe-se que há uma grande preocupação com HIV e, em menor grau, outras DST.

        Neste caso é importante lembrar que o ânus sadio é uma região inadequada em termos de saúde pelas características do local e traz riscos inerentes que poderiam ser facilmente evitados! Enfim, curtir é bom, mas é preciso disseminar mais conhecimento e consciência!

  28. ingrid October 8, 2011 at 13:05 - Reply

    sexo oral, precisa também?

    • hannah October 8, 2011 at 14:30 - Reply

      sim. câncer de garganta tá aí pra te dizer que sim.

    • joana October 8, 2011 at 17:03 - Reply

      claro.

  29. Karina October 8, 2011 at 13:07 - Reply

    Garotas como eu que tem a vida sexual super ativa,não despensa NUNCA o uso da camisinha (sempre na bolsa)principalmente no sexo anal.È uma pena que as pessoas não se liguem tanto em evitar a DST, e se apegam mais a uma gavidez indesejada e quando pegam “confiança” no cara despensa camisinha e pede pra ele gozar fora, então muuuita gente não usa no sexo anal pq “não engravida” hellooo acordem garotas, do nosso cú(tão desejados pelos homens)sai coisas que o nosso corpo não precisa é sujo e cheio de bactérias(cocô)…ok ah quem faça a chuca como eu(isso é só pra garantir q não vou passar o cheque…rs), mas mesmo assim a DST tá ai e infelizmente nem sempre dá pra notar que tem algo errado com o pau do cara não se prendam a isso não se submetam a pressão de cara algum se vc tem dúvida joga no GOOGLE e com certeza vai achar as respostas pra suas dúvidas camisinha sempre…fica a dica!
    OBS:Leticia adoro o seu blog visito diariamente.Você é uma garota livre e esclarecida como poucas na sociedade parabéns!

  30. Carol October 8, 2011 at 13:15 - Reply

    É, ainda não fiz anal com meu atual namorado….ele tem um pau muito grande e grosso e estou sinceramente com medo.

    Quanto ao uso de camisinha, não usamos e não é nem por opção nossa, e sim dos fabricantes….todas que testamos estouraram…como disse..é meio grosso….mas adoro anal..ainda terei coragem..rs

    • Letícia F. October 8, 2011 at 14:02 - Reply

      Carol, há um post sobre camisinhas bem recente. Lá tem várias opções para paus mais grossos.

      Hoje em dia não dá para usar isso como desculpa.

      • Carol October 8, 2011 at 16:50 - Reply

        Então, como leio o blog todos os dias, eu comentei com meu namorado e anotamos os nomes…e testamos….tenha certeza disso…teve uma q ainda durou um pouco mais de tempo, mas rasgou…ele tem 6.5 de circunferencia..se alguém até tiver uma dica de marca eu agradeço e testo…..um bjo Lê

        • Letícia F. October 8, 2011 at 16:52 -

          Carol, você usou a colombiana?

  31. Gabs October 8, 2011 at 13:52 - Reply

    Meninas e meninos, peloamor: camisinha no anal SEMPRE!!! Já tive quinhentas mil infecções urinárias (não por causa de anal sem camisinha), já fui parar no hospital mais de três vezes por causa disso, já tive sangramento por causa da bendita infecção. É a pior sensação do mundo e não desejo nem pro meu pior inimigo!!! Não corram o risco de tornar uma coisa agradável (sexo anal e vaginal em seguida) em algo tão doloroso!!!

    Só pra constar: no meu caso minhas infecções urinárias de repetição eram por causa da alimentação, mas agora tomo probiótico sempre pra manter a flora intestinal em dia e um santo “remedinho” pra evitar a cistite: cranberry. É uma frutinha que ajuda a evitar infecções urinárias e cândida. Recomendo!!! O que eu acho aqui é um extrato dessa frutinha, é caro, mas ajuda.

    Letícia, desculpa o assunto nada a ver no fim do comentário!

    Beijos!

    • hannah October 8, 2011 at 14:29 - Reply

      pra muita gente, nada disso adianta. já existe no mercado uma vacina para e.coli. vacina oral. na verdade, seu corpo pode até ter ficado resistente e vc acha que é do probiótico. existem esses casos. mas probiótico ajuda principalmente pra que essa região genitourinária fique com defesas boas. o cranberry é por conta de uma substância que faz com que as bactérias sejam “lavadas” qdo vc faz xixi. essa substância não deixa as bactérias aderirem tão fácil à parede da bexiga. mas só uma coisa: vc resolveu seu caso e tal. mas quem ler isso aqui por ter algum problema de infecção urinária, corra pro médico porque pode se transformar em coisa muito séria levando a amputação de membros, infecção renal e até morte. o médico tem que saber qual é a bactéria e escolher o tratamento.

      • Gabs October 9, 2011 at 23:53 - Reply

        Sim! Médico sempre. Tudo o que faço pra evitar cistite tem o aval e indicação de médicos (gineco, urologista e até minha homeopata) e minha nutricionista! Infecção urinária é, além de extremamente incômoda, coisa seríssima!

        • hannah October 10, 2011 at 18:51 -

          imaginei, linda. o negócio é que vc sabe que tem gente que vai pra internet em vez de ir ao médico… e infecção urinária é um cu. e parece que sobrecarrega o sistema público de saúde, mas ninguém pesquisa muito sobre soluções. pra viagra e pra levantar o pau, existem trocentas pesquisas. pra infecção urinária, coisa mais comum na mulherada… tem essa vacina, mas não funciona pra todo mundo. e é só pra uma bactéria. a e.coli. eu sinceramente acho que isso é machismo na medicina. hahaha. sério. já briguei muito com meus médicos.

        • Gabs October 12, 2011 at 20:56 -

          Hahahaha Machismo na medicina! Certeza! rs Os homens (a maioria deles) nao tem ideia de como isso e ruim… Nem sabia que existia essa vacina. Ta vendo, a gente aprende muita coisa na internet?! Mas nada como uma consulta medica de verdade, afinal cada um tem o organismo de um jeito. Outro dia li em algum lugar uma enquete perguntando se as pessoas achavam que um aplicativo de celular substituía uma ida ao medico, pode?!

          Sorryl pela falta de acentos do meu teclado que resolveu fazer birra!

  32. Menina October 8, 2011 at 15:18 - Reply

    Ai ai Lê, o q mais tenho é email, rsrsrsrrsrs

    Falando sobre sexo anal: tem bactérias na região do reto q são ótimas pra nossa saúde se ficarem ali e somente ali. Pra entrar em contato com a uretra, ou pior ainda, com a vagina, já não servem. Por mais ducha q se faça, a penetração sem camisinha pode causar uma infecção bacteriana no pênis dele, q depois pode passar para a vagina dela. Ou seja: msm lavando td o pênis depois, e só aí penetrando a vagina, pode causar problemas.

    Eu misturo (de gaiata q sou) oral com vaginal. Mas não misturo, msm com água e sabão, anal com qualquer outra modalidade de sexo.

    Sim, tenho relacionamento estável, 7 anos de vida sexual juntos, e de vez em qdo transamos sem camisinha. Uma única vez q rolou anal sem preservativo, fiquei 1 semana sem encostar no pau dele diretamente, transando só com camisinha e sem fazer oral. Seguro morreu de velho.

  33. Roberto Lima October 8, 2011 at 15:54 - Reply

    Pois é, meu comentário é o mesmo: ambos são da área da saúde e têm dúvidas sobre usar ou não preservativos ???
    Claro que tem que usar. E nunca fazer sexo anal e logo em seguida vaginal. Lavem bem “as partes” e depois usem uma camisinha nova. E nunca esqueçam de um bom lubrificante . Sexo anal é ótimo ( segundo minha parceira atual e várias anteriores) , mas tomando todas as precauções.

  34. Adriana October 8, 2011 at 16:03 - Reply

    Oi Leticia, Parabens pelo blog, sempre leio e adoro.
    Mas lendo esses ultimos comentarios sobre o post Aqui Ninguem Toca, vi que tem muita gente querendo tentar o anal, mas tem medo,ou receio. Meses atras, navegando na internet, descobri um video muito interessante, que ensina fazer sexo anal, durante uma semana, voce vai tentando aos poucos, no primeiro dia so encosta e assim por diante. Achei valido e gostaria de compartilhar. O video se chama: Dicas de como fazer sexo anal. Nao sei postar aqui, e tambem nao tem o nome da mulher que fala no video. Beijos

  35. CP October 8, 2011 at 16:38 - Reply

    eu namoro há 6 anos e de dois anos pra cá, temos usado camisinha sempre, incluindo papai e mamãe. começou por causa de uma troca de anticoncepcional e nunca mais deixamos de usar. é engraçado como uns amigos mais novos que eu (entrei mais tarde na faculdade, e o pessoal da minha sala tem seis, sete anos a menos) acham absurdo eu usar preservativo, não se conformam como meu namorado aguenta e tals. dizem que eu namoro há 6 anos, que eu não devia pensar desse jeito.
    eu sempre tento explicar que 1-) não quero filho de jeito nenhum agora, 2-) eu confio nele, mas não boto a mão no fogo por ninguém. mas não adianta. quando falo que não boto a mão no fogo, só piora a situação.
    acho que a nossa geração perdeu o medo da AIDS (e quem dera fosse só essa a DST). aquela ideia de nunca vai acontecer comigo é mais presente do que se imagina.

    • Letícia F. October 8, 2011 at 16:51 - Reply

      Também acho que agora, como “a aids não mata” (e mata, sim, mas as novas drogas melhoraram muito a situação), as pessoas estão deixando a camisinha um pouco de lado.

      • hannah October 8, 2011 at 19:46 - Reply

        tão, sim. eu conheço 2 hiv positivos. só digo que o tratamento não é fichinha. graças aos céus que ele existe, mas é um transtorno na vida de muita gente. bem melhor usar camisinha.

      • NINA October 9, 2011 at 16:22 - Reply

        Letícia, só mata quem não adere ao tratamento!
        Tipo, morador de rua, usuário de crack: essas pessoas não têm disciplina pra tomar o remédio nos horários certos, aí fica com tuberculose mesmo e acaba morrendo.

        Ou então mata quem não descobre que tem – leia-se: por ignorância.

        Mas não é motivo pra deixar de prevenir, o grande mal do HIV é sofrer o estigma, que eu não gostaria de carregar.

        Além disso, não dá pra saber se vc vai tolerar bem os remédios ou não, então é melhorar nem precisar deles.

    • Menina October 9, 2011 at 11:48 - Reply

      Tô fazendo uma campanha em casa pelo hábito do preservativo pelo msm motivo quase: pausa/troca do anticoncepcional.

      Tenho uma flora (bonitinha essa palavra né, rsrsrs) td sensível, às vezes desconfio q transar sem camisinha dá uma desequilibrada nela, por mais q haja adaptação.

  36. Marcella D. October 9, 2011 at 10:44 - Reply

    Nem é preciso buscar informação sobre sexo: qualquer pai e màe que eduquem minimamente suas filhas ensinam que, ao ir no banheiro para fazer número 1 e 2, o jeito certo de usar papel é sempre da frente para trás, nunca o contrário.

    Agora imagine algo que foi enfiado lá atrás…

    Um outro dilema parecido acontece em menage, que já fiz umas vezes, Eu sou hétero convicta, o máximo que faço é beijar a outra garota ou dar uma lambida nos peitos dela não por mim (que não sinto nada), mas para dar mais tesão no cara. Só que algo que é meio essencial em menages 2 garotas + 1 rapaz é trocar sempre camisinha. Não dá pra ele me penetrar, tirar e ir penetrar a outra na hora sem trocar camisinha, por exemplo.

    • Letícia F. October 9, 2011 at 12:19 - Reply

      Sim, vc tem toda razao sobre esse lance da camisinha no menage.

    • Menina October 9, 2011 at 13:03 - Reply

      Se camisinha feminina fosse mais fácil de achar, hein?

      • Marcella D. October 10, 2011 at 06:46 - Reply

        Eu as vezes uso, Menina. Mas o homem tem de aprender também, senão ele vai querer penetrar por cima da camisinha feminina, deslocando-a para baixo.

  37. Tha October 9, 2011 at 14:30 - Reply

    Cara! Use camisinha para fazer anal. Meu marido pegou uma infecção nos testículos pq fazíamos sem. Não tem como, fezes + mucosas não combinam. Sempre tem alguma coisa que pode dar errado

  38. Bella October 9, 2011 at 16:06 - Reply

    Eu adoro sexo anal, gosto muito mesmo, inclusive tive de ensinar meu ex-namorado a fazer, pois ele não tinha muita experiência e se sentia tão inseguro por não conseguir colocar o pênis de uma vez só que brochava, terrível.

    Meu namorado adora, graças a deus, e pelo menos uma vez por semana fazemos anal. Só transamos dessa forma sem camisinha uma vez, sem motivo específico, acho que mais por afobamento mesmo, e nunca fizemos sexo anal e depois vaginal sem os devidos cuidados. No entanto, com os dedinhos de vez em quando acontece, e eu sei que é ruim, faz mal e etc, mas tinha muita vergonha de parar tudo e reprimi-lo, então nunca falei nada (não aconteceram tantas vezes assim, também).

    Gostaria de contar que, hoje de manhã, consegui conversar sobre isso com ele, graças a esse post.

    Obrigada, Lê!

  39. Kely October 9, 2011 at 17:31 - Reply

    Oi Leticia!

    Me ajude!

    Sou nova por aqui, leio seu blog e acho ele muito interessante!
    Mas vamos ao assunto!
    Tenho 23 anos, me namorado tem 35… Ele é não aparenta a idade que tem… Porem de uns tempos prá cá ele anda meio frio no sexo, parece que nao tem tanta vontade, é uma vez na noite (pra mim está bom) porem a gente só se vê de 15 em 15 dias… Isso me deixa meio “frustrada”!!! Já que eu tenho 23 anos e me sinto naquela fase “to aprendendo e quero “dá” “…
    Ando com a mente super fertil neste assunto rsrs, no trabalho chego a viajar que estou dando pra ele… Aí esses dias eu falei com ele sobre sexo anal, e o cara me diz que não tem vontade disso, que nunca foi fixado no assunto como a gente vê tantos por aí!
    Agora que resolvi querer fazer isso, meu namorado que estou há 2 anos nao se manifesta?! O que eu faço?

    Beeeijos!

    • hannah October 9, 2011 at 21:00 - Reply

      ixi. ué, pede. com jeitinho. se bem que ele já disse que não quer. a resposta tá aí. pede mais uma vez. se, mais uma vez, vc ouvir um “não”, tá aí sua resposta. muito cara não sabe fazer anal porque o pênis tem que estar bem ereto. sem tesão, o cara pode desistir no meio do caminho porque meia bomba não costuma endurecer pra tentar penetração anal. tem que ter muito tesão. mas é aquela coisa. homens costumam dizer que mulheres não topam anal. esse microuniverso de leitoras da letícia já mostra que a coisa não é bem assim. e mulheres pensam que todo cara ama anal. a coisa tbem pode não ser bem assim, né?

      • Kely October 10, 2011 at 22:44 - Reply

        Tens razão… Agora não sei se sou eu que ando fantasiando, ou se ele que está mto devagar…

    • forever Forever Alone October 9, 2011 at 22:45 - Reply

      O quê fazer?
      Eu não sou a Letícia, mas vou tomar a liberdade de responder: Larga ele e fica comigo!!
      Brincadeira!! Eu não entendo muito desses assuntos amorosos, mas acho que está faltando uma melhor sintonia entre o casal, então você deve conversar com ele e expor suas necessidades. É melhor conversar a ficar insatisfeita.
      Até.

      • Kely October 10, 2011 at 02:19 - Reply

        Estou insatisfeita em tudo! Parece que a ficha vai caindo a cada dia!
        O pior é que eu quando tento conversar com ele, ele diz sempre a mesma coisa “já fiz tudo que tinha que fazer na sua idade”… Por exemplo quando eu cobro ele que a gente tinha que sair mais do que ficar no apto dele esperando o horario de dormir no fds…
        Só que nao consig largar o cidadão… Gosto dele! A Leticia vai me matar quando comentar sobre meu “help”!

        Qdo eu largar dele fico contigo ok?! Rsrsrs!

        Ateh!

        • Letícia F. October 10, 2011 at 11:19 -

          Kely, eu realmente não consigo entender pq vc permanece com ele se está infeliz.

        • Kely October 10, 2011 at 22:47 -

          Letícia, é iss que me pergunto todos os dias… Hj meso minha mae falou sobre isso comigo (moro sozinha com a minha filha de 6 anos….), falou que eu nao preciso achar q ele é o ultimom homem do mundo, que eu tenho msm é medo de ficar sozinha…. Que merda, eu sou independente, e olha a que ponto cheguei!

        • Menina October 10, 2011 at 22:51 -

          Responde pra ele assim: “pois EU ainda não fiz e não quero ficar sem fazer!”

          Cara egoísta, poxa.

        • Kely October 11, 2011 at 22:43 -

          kkkkk valeu o incentivo! depois que comecei a ler o blog minha mente se abriu um pouco sabe, como fui mae mto cedo, até esses tempos atrás eu tinha mto medo e vergonha… era esse o problema, agora já não é mais! e o cara nao dá conta!!!

          abs!

    • Priscila Escorpiana October 10, 2011 at 19:26 - Reply

      A diferença de idade não tem nada a ver com essa diferença de interesses/vontades de vocês. Eu também tenho 23 anos e meu marido tem 41, e guria, sofro pra acompanhar o ritmo dele!
      Tá sempre a fim de qualquer coisa, seja sexo, balada, viagem, pizza embaixo das cobertas…

      Cuidado pra não estar investindo tudo o que tem numa empresa que já faliu, mas os sócios insistem em manter as portas abertas…

  40. Lynandia October 10, 2011 at 01:17 - Reply

    Gente, sei que estou comentando em post antigo, mas achei importante dar um pitaco: sou da área da saúde também e vi lá em cima pessoal falando da vacina do HPV. Gente, a vacina só funciona pra quem nunca teve contato com os sorotipos do virus da vacina, ou seja, pra quem NUNCA teve relações sexuais. Pra quem já teve relação sexual, a efetividade da vacina é quase nula (e realmente tende a zero quanto maior for o número de parceiros – e mesmo quem só teve um parceiro, se este já transou com outras mulheres, a chance dele ter um dos sortipos é muito alta).
    Assim, nem compensa ficar insistindo com ginecologistas e talz… Pra quem já deu, agora é prevenir! hahahaha!
    Beeeijo!

  41. Paulo Eduardo October 10, 2011 at 11:44 - Reply

    “Letícia F. em 8 de outubro de 2011 em 0h47 disse:
    Sim, quem faz sexo anal deve sempre contar com essa possibilidade!”.

    Fico em estado de torpor e opilam – igualmente – meus argumentos e minhas idéias, os tantos comentários “opiáceos” que escrevem no seu espaço. Definitivamente, qualquer assunto aqui deve ser tratado como tabula rasa e ser acrescido de informações mais interessantes. Não é demérito para ninguém, é possível adquirir noção aqui, mas não há enriquecimento.

    Dois toques: VEJA – 6ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul, abre hoje em São Paulo (www.cinedireitoshumanos.org.br). LEIA – A Casa e a Rua, de Roberto DaMatta. Virou clássico, quem diria… Tchau.

    • Letícia F. October 10, 2011 at 11:55 - Reply

      Paulo Eduardo, o seu comentário é de uma arrogância ÍMPAR.

    • Priscila Escorpiana October 10, 2011 at 19:21 - Reply

      Paulo Eduardo, deviam te enfrascar e vender como sonífero. Beijo.

      • Lyz July 11, 2012 at 18:20 - Reply

        Hahahaha! Adorei a do sonífero!!!!

  42. darkgabi October 10, 2011 at 12:51 - Reply

    tô atrasada e acho que meu comentário vai afetar menos ainda as pessoas que vêm aki… mas se vc considerar falar sobre isso alguma outra vez, já melhora.

    enfim, eu sempre leio as pessoas falando de “não introduzir o pênis na vagina depois de tê-lo introduzido no ânus”, mas eu nunca li o contrário… q por sinal também é válido. ânus e vaginas têm faunas muito diferentes e só pq a gente tende a achar que cocô é muito pior do que xixi ou fluidos, não significa que o ânus não seja vulnerável aos fungos e protozoários da vagina.

    o msm é válido na hora de usar papel higiênico pra limpar: uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa! =]

    • hannah October 10, 2011 at 18:59 - Reply

      eu entendo o que vc quis dizer. mas o negócio é que a bexiga é estéril. uma bexiga saudável é estéril. além disso, a flora (é flora, não fauna!!!) vaginal, se saudável, tbem não prejudica o ânus. teoricamente, se uma pessoa faz vaginal e penetra o ânus, não vai levar nada de diferente pra lá. isso se o sistema genitourinário estiver saudável. acontece que, mesmo que o ânus esteja saudável, ele é um lugar repleto de bactérias. tá aí a diferença…

  43. Flavio October 11, 2011 at 16:08 - Reply

    Oi Letícia
    Dando mais uma contribuição ao tema sexo anal, o importante é a mulher aceitar a ideia, ter tesão pelo tema e relaxar após umas boas preliminares. Nós homens temos que entender que o prazer tem que ser dos dois. Eu e minha esposa adoramos fazer sexo anal de 4 ou ela sentada. Mas antes fazemos ‘muitos malabarismos’ ( boquetes, lambidas, etc…) Ela goza intensamente e eu também. Atenção ‘homarada’ , tratem com muito carinho suas namoradas, companheiras e esposas para que desfrutem de um sexo gostoso. Elas são a suprema glória da criação.
    Beijos

  44. Lê. October 11, 2011 at 23:08 - Reply

    Oi Letícia, legal este post.
    A camisinha é fundamental!!

    Abraços.

  45. lysbeth October 12, 2011 at 00:35 - Reply

    Estou comentando pra falar de um livro que fala de uma mulher que meio que tem um relacionamento baseado em sexo anal. Chama-se A entrega, a autora é Tony Bentley. Eu me identifiquei porque gozava com sexo anal, muito mais fácil do que com qualquer outra coisa, e nesta época achava que era a única no mundo assim (ah, a inocencia…)
    Mais um exemplo que mostra a importância do seu blog, Letícia, aqui sempre se encontra alguém com quem se identificar.
    De qualquer forma, gostei do livro na época.

  46. Fernando fã da Letícia October 13, 2011 at 10:52 - Reply

    Oi Letícia!

    Quase não acreditei quando vi que meu comentário tinha virado um post. Antes de tudo muito obrigado pela atenção que você dá não só as minhas dúvidas, mas de todos que visitam o blog.

    Não li todos os comentários, mas vi um que vc respondeu ter ficado de cara, com a dúvida, que eu fiquei frente a essa situação com a minha namorada, por sermos universitários da área da saúde. Eu não tenho dúvidas, nem minha namorada, de que para a prática do sexo anal existe a necessidade da camisinha para a proteção. Acho que eu não consegui colocar muito bem as minhas idéias no comentário, mas a minha dificuldade maior (como acredito que seja a de muitas outras pessoas), é “aceitar” a proteção para um relacionamento estável.

    Admiro muito a liberdade pessoal que você tem em assumir suas vontades, desejos, e expor o que muitas pessoas sentem mas não assumem, as verdades da vida. Acho realmente que cada um é livre e merece viver essa liberdade, que o preconceito e a hipocrisia da sociedade bloqueiam em muitas e muitas pessoas.

    Acho fundamental esclarecer algumas coisas referentes a sexo casual, que talvez seja o que atinja o possível “público alvo” do blog (se é que isso existe), mas por ser leitor assíduo e viver em outra situação, gostaria que tivesse algumas coisas também ligadas para casais com relacionamentos estáveis. É só uma dica, e acho que você se sairia muito bem.

    Parabéns pelo blog mais uma vez.
    Você já pensou em escrever um livro?

  47. Anna Carolina January 16, 2012 at 11:30 - Reply

    Como posso saber se meu imen rompeu? Sexo oral é bom e gostoso quanto no homem quanto na mulher?sexo anal sem camisinha engravida?

    • Letícia F. January 16, 2012 at 11:39 - Reply

      Anna Carolina, algumas mulheres sequer têm hímen. Eu não acho isso importante, mas um ginecologista pode te ajudar.

      Sexo oral é muito gostoso para ambos.

      E não, sexo anal sem camisinha não engravida.

      Se você tem dúvidas tão básicas, sugiro que você procure com urgência um ginecologista.

  48. carine March 10, 2012 at 15:04 - Reply

    Letícia, eu de novo :) continuo adorando seu site…dessa vez deixei meu e-mail…

    Quanto ao sexo anal, eu adoro!! Mas é como a colega lá em cima disse…depende muito do dia! tem dia que eu to loooouca pra que ele me pegue por trás, as vezes até tenho q tomar a iniciativa….mas tem vezes que não vai nem que a vaca tussa! Adorei esse post pq eu sempre fazia sem camisinha…depois de hoje percebi que é muito perigoso! Camisinha já!!!

  49. Juliana March 24, 2012 at 15:11 - Reply

    Anal,entre as 3 modalidades sexuais(oral,vagina,anal),é a ÚNICA que eu me recuso(sim,me recuso!)a fazer!
    5 motivos que pra mim são suficientes pra não fazer anal:

    1º Cu não foi feito pra dar,e sim, pra cagar,ou seja,sexo anal vai contra o que é natural.

    2º Dói pra caralho.

    3º Pra não “dar merda”,literalmente, na hora do anal,tem que fazer a tal da “chuca”(lavagem retal)e eu ouvi dizer que ficar fazendo muito isso,pode causar prisão de ventre,danificar a mucosa do reto, e pode viciar,capaz de tornar uma pessoa totalmente dependente dessa prática,ou seja,ela se torna incapaz de fazer o intestino funcionar sem a chuca. E tb pode causar inflamações,câncer retal nas mulheres e várias infecções nos homens.(prefiro não correr esse risco,aliás esses riscos – dar merda na hora da transa e ter problemas no reto)

    4º Tenho hemorróida

    5º Já fiz uma vez e não curti,doeu e eu não senti nenhum prazer(e olha que o cara sabia fazer,imagina se não soubesse rsrs)

    Então pra mim, sexo anal está fora do meu cardápio sexual.
    Aliás sou capaz de largar o cara,se ele fica insistindo muito,mesmo gostando dele.
    Não sou obrigada a fazer o que eu não quero,só pra agradar um homem.
    A propósito,acho muito engraçado esses caras.
    Por que eles não vão dar o cu deles primeiro,antes de exigir isso de uma mulher?

  50. Anônimo July 11, 2012 at 22:32 - Reply

    A primeira vez que fiz anal foi com o meu marido. Tava bom, eu curti, mas depois chorei que nem uma condenada, me senti suja, me senti mal, me senti “puta” e mais um monte de neuras ficou na minha cabeça… se ele não me amasse, acho que tinha saído correndo… Ainda bem que hoje a neura passou, a gente faz com certa frequencia e eu acho é muito bom, tenho orgasmo todas as vezes e tenho que cuidar pra não acontecer 30 segundos depois da penetração. Acho que a região anal é bem mais sensível, por isso é mais fácil gozar…

  51. MC July 11, 2012 at 22:39 - Reply

    Sei que o assunto camisinha é polêmico.
    Concordo que pra fazer sexo anal é ideal mesmo.
    Isso posto tenho que confessar que não uso camisinha com meu marido.
    Por vários motivos. Porque acho melhor sem, por confiança (e essa confiança inclui usar camisinha caso, um dia, se rolar, transemos com outras pessoas), e em último caso, eu quero ter filhos, e claro, isso não vai rolar usando camisinha.
    Acho bacana usar, em relacionamentos casuais eu sempre usei.
    Mas as vezes me incomoda um pouco essa patrulha do preservativo, fica parecendo que a pessoa que não usa é uma louca sem noção, quando na verdade cada caso é uma caso.
    Lógico, pegar DSTs não é legal, é horrível. Mas dá a impressão, às vezes que todo mundo é sacana com todo mundo e que todos os bebês vão ser de proveta.
    Quem tem um relacionamento estável e sincero não é um maluco brincando de roleta russa.
    Desculpa se fugi do tema, só queria expressar esse outro lado da questão.

    • Letícia F. July 11, 2012 at 23:11 - Reply

      Bom, a escolha é de cada um. Mas os índices estão aí pra provar que DST não é doença de “promíscuo”.

      • MC July 12, 2012 at 00:21 - Reply

        Concordo! E pra falar a verdade eu não acredito em “promiscuidade”, eu transei com um monte de gente e usei camisinha, sempre.

        Mas continuo com a minha dúvida, um casal que entrou nesse acordo, que fez os exames e estão saudáveis, egravidam como se não pararem de usar camisinha?

        • Letícia F. July 12, 2012 at 00:23 -

          O mínimo que se espera é que os parceiros não traiam quando sabem que estão tentando ter um filho, né?

  52. MC July 12, 2012 at 00:36 - Reply

    :-) Exatamente! Por isso não dá pra generalizar que todo mundo vai trair todo mundo e disseminar doenças.

    Sei que não é o caso do que é dito aqui, mas alguns “sexólogos” tratam a humanidade como predadores sexuais sem alma nem limite. Esse discurso cansa um pouco às vezes.

    • Cem +1 July 12, 2012 at 00:49 - Reply

      É, eu nunca vi isso.

  53. darkgabi July 12, 2012 at 13:41 - Reply

    olha, acho q meio q discordo de vc pela primeira vez hahaha. conselho pra sexo anal com ou sem camisinha é o mesmo q pro sexo normal. nao há nada de “especial” nos riscos do sexo anal q nao seja diferente do sexo normal e mesmo do sexo oral. se ele já transa sem camisinha, ele já tá assumindo todos os riscos de doenca q vc citou… idem pro sexo oral.

    e outra coisa q eu sempre falo: nao se deve usar a mesma camisinha dps de fazer o sexo anal e nem antes!! todo mundo só vê problema no contrário pq cocô é sujo etc. mas o ânus tem sua própria fauna e flora, diferente da vagina.

    além disso, se a menina já possuir alguma DST e ele depois for fazer sexo anal ou oral com ela usando a mesma camisinha, corre o risco de estar alastrando a doenca dela pra outros pontos. na teoria: mudou de sexo, mudou de camisinha! [assim como numa suruba né... mudou de parceiro, mudou de preservativo]

    ou entao manda tudo à merda duma vez hahaha. ok, brincadeiras à parte, fiquei um pouco desapontada q vc foi um pouco superficial nesse post e nao abordou esses outros pontos.

    • Letícia F. July 12, 2012 at 16:25 - Reply

      Gabi, a pele do ânus é diferente e mais sujeita a machucados.

  54. Ritinha July 21, 2012 at 11:14 - Reply

    Uma vez eu fiz sexo anal com um namorado que eu tinha, doeu demais, mas depois acostumamos… Isso a uns 4 ou 5 anos atrás… Hoje não tenho coragem não, “ainda” tava namorando com um cara fora de base ia me arrebentar inteira… kkkkk
    Mas tenho vontade de tentar de novo!

  55. Rodrigues July 21, 2012 at 20:07 - Reply

    Estou casado a mais de 5 anos (tenho 27 e minha esposa 30), ocasional fazemos sexo anal(sempre com camisinha), como já foi dito acima por alguns coleas depende do dia do momento da situação mas pra nós essa prática é indiferente ( claro que uma delicia) não é nenhuma barrera entre nós, já o sexo oral sim, morro de vonta e ela detesta. Eu morro de vontade, fico excitado só em ler alguns post.. e imaginar sobre. Acho que falta apenas isso para minha vida sexual ser completa.

  56. C September 6, 2012 at 13:59 - Reply

    Eu gosto de carícias anais, mas nem sempre quero sexo anal. Quando faço anal com meu namorado é bom, mas depois dá um incômodo enorme (parece que fica tipo aberto, ‘arrombado’ me desculpe a expressão, mas não tem outra). Tem dias que eu não quero nem que ele encoste lá atrás porque não gosto da sensação que fica depois. Isso é normal? Já aconteceu com você, Letícia?

    • Letícia F. September 16, 2012 at 17:21 - Reply

      C, anal só deve acontecer quando você estiver muuuuuuuuuuuito a fim. Se não fica essa sensação esquisita mesmo.

Comente »