Mais um pra lista de tabus: squirting

Letícia F. July 25, 2012 181
mangueira1 Mais um pra lista de tabus: squirting

Não é uma mangueira, não é uma cachoeira, tampouco é obrigatório

A gente sempre fala sobre ejaculação feminina nos comentários, mas eu nunca consegui escrever um post a respeito. É engraçado como uma coisa super natural vira mais um tabu na nossa já imensa lista de coisas-sobre-as-quais-não-se-fala. Eu nunca ejaculei, mas aparentemente nenhuma das minhas amigas já passou por isso. Isso foi uma ironia, porque é provável que alguma mulher conhecida minha deve ejacular. Meus amigos também nunca comentaram sobre um caso em que tenha acontecido.

Algumas leitoras contaram que uns outros blogs aí falaram de maneira pouco respeitosa sobre o squirting, chamando a secreção de “meleca” ou relatando um certo nojinho. Por favor, né, gente? Depois esse povo reclama quando a mulherada fica com nojo de esperma.

Também não se pode ficar se lamentando por nunca ter acontecido com você. Uma leitora explica o motivo:

Minha primeira experiência de squirting foi na adolescência, acho que com uns 13 anos, durante uma sessão particularmente longa de masturbação. Era uma espécie de “experimento científico” de estimular o clítoris até quase gozar, dar uma pausa, e começar de novo (só isso, nenhum dedinho ou objeto lá pra dentro). Antes que façam algum comentário, pois é, mocinhas também se masturbam. Umas mais, outras menos, algumas jamais (por questões pessoais/morais/religiosas/whatever), da mesma forma que os garotos. Get over it. 

Enfim… estava ali nessa ocupação, até que de repente veio o tal jorro (palavra feia do inferno). Após um certo pânico inicial ai-meu-deus-molhei-o-sofá, eu fiquei intrigada. Xixi? Não mesmo. A consistência era um pouco diferente, a cor e o cheiro não tinha nada a ver (há quem diga por aí que o cheiro é agradável). Eu nunca tinha ouvido falar que isso acontecia com as mulheres, mas imaginei que fosse uma espécie de gozo mesmo, e não pensei demais no assunto.

Anos depois, já transando por aí (deixei de ser virgem aos 16), eu comecei a perceber que o fenômeno acontecia de vez em quando durante a relação sexual. Meu primeiro namorado ficou meio assustado quando isso aconteceu durante uma sessão de sexo oral; todo molhado, perguntou se eu tinha mijado em cima dele. Expliquei como eu pude, ele se conformou e se molhou mais algumas vezes naquela ocasião.

Mais tarde, com outros namorados, aconteceu durante a penetração. Em algumas vezes, aliás, foi constrangedor. Por exemplo, o moço mandando bala ajoelhado na cama, a moça deitada de costas com as pernas nos ombros dele, e… sabe quando você coloca o dedo na mangueira e a água esguicha pra todo lado? Mais ou menos isso. Felizmente, os moços já tinham visto dessas coisas por aí (a pornografia presta um enorme desserviço às relações sexuais da vida real, mas nesse caso em particular até que serviu pra alguma coisa), e, após o espanto inicial, abriram o sorrisão estilo Cheshire Cat e continuaram o que estavam fazendo com ânimo e dedicação triplicados.

Só este ano ouvi falar no termo squirting (também feio), e resolvi me informar sobre o assunto na internet. Vi alguns vídeos em que saía uma enorme tromba d’água das moças, o que me parece um pouco exagerado (não sei como o negócio se parece quando acontece comigo, já que geralmente eu estou olhando pra outras coisas – talvez um dia eu tente com um espelho).Também vi muitos comentários internet afora de homens ansiosos por causar tal fenômeno na namorada, como se estivessem em busca do Cálice Sagrado. Tem até “técnicas infalíveis” por aí que me parecem bem idiotas, tipo fazer sexo oral com gelo (deve ter quem goste, mas uma vez quase bati num infeliz que veio com um gelo pra cima de mim. Que coisa desagradável!) ou halls preto (não tive o desprazer, mas se vierem eu também dispenso). Vi um monte de gente que jura de pé junto que squirting é lenda urbana (haha), além de muitas explicações físicas para o fenômeno – glândula não sei onde, ponto G… 

Bem… por experiência própria, digo que existe. Não é todo mundo que faz, e mesmo pra quem já experimentou não é sempre que acontece. Também não parece ter receitinha: pode acontecer com estimulação só no clítoris, clítoris + dedinhos lá dentro, clítoris + penetração, clítoris + anal, só penetração etc. A única regra, no meu caso, é que tenho que estar muuuuitíssimo excitada, o que quase sempre significa muita dedicação e nenhuma pressa. Mas mesmo esse fator não garante nada.

E atenção que isso é muito importante: a mulher ter ou não ter o squirting não significa que teve um orgasmo mais ou menos intenso. Às vezes é antes do orgasmo, às vezes acontece várias vezes enquanto durar o estímulo (você siriricando a mocinha, por exemplo), e isso não siginifica que ela está indo até a lua e voltando em todas as vezes que (ou só quando, hehe) ela molha o lençol. 

Entendo que para os homens nem sempre fica claro quando a mulher está gozando, e imagino que daí venha essa obsessão por “fazer sua companheira LITERALMENTE gozar litros”. Mas tem caras tão obcecados que acabam pressionando muito as namoradas, e as pobres ficam se sentindo frustradas se não inundam o quarto (ou mandam o cara à merda, o que faz muito mais sentido na minha opinião). Puta bobabgem, não entrem nessa onda. A pressão pelo sexo-performance já estraga a vida sexual de muita gente, ninguém precisa de mais uma “meta” pra desviar a atenção do que fazer sexo realmente é: dar e receber prazer. 

Enfim… Dica de ouro? Não importa o que fizerem; é só fazer bem gostoso. 

Post originalmente publicado em 28 de outubro de 2011 no Cem Homens.

PinExt Mais um pra lista de tabus: squirting

Compartilhe!
  • more Mais um pra lista de tabus: squirting

181 Comentários »

  1. Ana October 28, 2011 at 14:18 - Reply

    Letícia, é verdade mesmo? Você nunca ejaculou, ou seja, nunca gozou?

    • Letícia F. October 28, 2011 at 14:32 - Reply

      São coisas diferentes, Ana. Squirting é uma ejaculação MESMO, como a leitora menciona no texto. Uma coisa não está necessariamente ligada à outra.

      • Helena October 31, 2011 at 14:01 - Reply

        Pois é….. é bom saber que isso é mais normal do eu pensava….. sempre fico constrangida quando isso acontece, mas meu marido acha ótimo e diz que tenho cheiro de café…. rsrsrsrsr

    • LFPadilha October 30, 2011 at 19:04 - Reply

      Eu vi isso acontecer uma vez. Adorei ter me deparado com uma “squirter”…tinha gosto de “água de coco”. Muito bom! ;-)

    • TMF October 30, 2011 at 23:30 - Reply

      Não entendi o lance da crítica veemente à halls ou ao gelo… Se não importa o que fizerem e é só fazer bem e gostoso, não havia porque se referir ao gelo e à halls daquele jeito…. Se não gosta, tá na boa, é só falar na moral e o prazer volta a reinar…

      • Letícia F. October 30, 2011 at 23:46 - Reply

        Ela falou de uma preferência pessoal apenas. Não seja tão crítico.

    • ney_guitar October 31, 2011 at 16:59 - Reply

      Uai depende, no homem está ligado sim o orgasmos a ejaculação e no caso de squirting eu acho tOP, da a impressao realmente que a mulher foi la na lua e ta voltando, ainda nao aconteceu com nenhum namorada mas, espero q aconteça! he he

  2. Bruno Millano October 28, 2011 at 14:36 - Reply

    Olha… sempre tive curiosidade para que isso ocorresse durante o ato sexual com a minha namorada, muito para sentir o gosto e o cheiro (Sou tarado por sexo oral) + não é nenhuma obsessão não… curiosidade é a palavra chave! Parabens pelo Blog Leticia… acompanho a tempos + não sou do tipo q gosta de comentar as coisas…

  3. Luiz October 28, 2011 at 14:40 - Reply

    Não sei para as moças, pelo texto parece que não muda muita coisa, mas pra mim quando minha mulher ejacula durante o sexo (raramente, precisa de umas doses de vodka) é uma exitaçao a mais…

  4. Escarlate October 28, 2011 at 14:47 - Reply

    Eu já tive algumas vezes, achei ruim pq molhou todo o lençol. Parecia q eu tinha mijado, sei lá, mas não tinha cheiro. Mas já faz uns meses q eu não tenho.
    Acho q deve ser como chorar durante o orgasmo. Eu já chorei, tenho orgasmos múltiplos na maioria das vezes, e acontece qdo é muito forte. Alguém já teve isso?

    • Nina October 28, 2011 at 15:28 - Reply

      Ás vezes eu choro… Tipo garota de animê (desenho japonês) hentai (erótico). =) Só não sei identificar se já tive orgasmos múltiplos, mas choro quando o prazer é intenso… Marido antes ficava preocupado, e eu morria de dó de acabar com a festa dele… =/

      • Si October 28, 2011 at 16:22 - Reply

        Nina!!!!!
        Sempre quis entender isso… tb choro quando é muito T… nunca chorei durante o sexo (e das poucas vezes que aconteceu, foram as poucas vezes de luz apagada, rs), mas soh de me excitar sozinha imaginando já começo a chorar e acabo com meu clima! eeer… rs como fazer viu…

        • Lua October 28, 2011 at 19:02 -

          Nossa gente! Achei que só eu chorava quando o tesão era muito muito grande! Também não sei se são orgasmos múltiplos, mas quando a coisa é muito intensa, eu acabo chorando! :)

        • Ana G. October 29, 2011 at 01:08 -

          Meninas, me pergunto a mesma coisa. Quando o orgasmo é muito bom, eu também choro. O namorado se preocupa, achando que tem algo errado, mas eu já disse pra ele que quando eu choro é porque foi muito bom mesmo. Estranho, haha.

        • Alessia October 29, 2011 at 12:11 -

          Eu já chorei e já molhei todo lençol.
          Uma época tava fazendo isso com uma certa frequência meu namo pediu pra falar com o gineco. O médico disse que só podia ser xixi, que o único líquido que podia ser era xixi. Fiquei morrendo de vergonha, comecei a ir no banheiro sem vontade e a ficar me segurando!!!
          Que constrangimento!
          Bom saber que não sou só eu e que (pois é!) não era xixi coisa nenhuma!!!

    • Ariane October 30, 2011 at 17:35 - Reply

      Nunca cheguei a molhar o lençol, mas ja chorei algumas vezes sim. O pior é que o companheiro acha que vc esta com algum problema emocional, torceu o tornozelo, ou está com caimbras. KKKKKKK

      • Joana October 30, 2011 at 21:21 - Reply

        Um ex ria toda vez q gozava
        eu achava muito estranho, quebrava o clima

        • Si November 2, 2011 at 02:32 -

          Lê!! Se vc acabar esbarrando sobre esse assunto em alguma das suas pesquisas, escreve um post pra gente?!?!? =D

      • Ingrid Faria July 25, 2012 at 20:48 - Reply

        Estranho que quando eu chorei eu não tive vários orgasmos, fiquei numa sensação orgástica meio contínua, um orgasmo diluido e longo…

    • Ingrid Faria July 25, 2012 at 20:45 - Reply

      Já chorei também! hahahah Sempre zuava aquela música “E chora de emoção na hora do prazer” até eu chorar! E sim, é muiiiito T

  5. Fê Serodio October 28, 2011 at 14:52 - Reply

    Pessoal tá confundindo orgasmo com ejaculação, apesar da diferença estar bem explicada no texto. =/

    • Letícia F. October 28, 2011 at 14:55 - Reply

      é preguiça de ler, Fê.

      • Noh October 28, 2011 at 16:29 - Reply

        Ia perguntar o mesmo, o texto ta super explicado, super bem escrito e tem gente que não leu e veio mesmo assim comentar???

  6. Lala :) October 28, 2011 at 15:03 - Reply

    Lê, que interessante. Acho que foi um dos posts mais interessantes que já li por aqui. Quando conversava sobre isso com amigas, nenhuma nunca tinha conseguido e eu também nunca tinha passado por isso. Mesmo gozando nunca ejaculei. E detalhe, todo mundo sempre falava que isso era impossivel, então passei a achar que os filmes pornôs eram pura montagem mas sempre ficava com a pulga atrás da orelha. E, que burra, nunca tinha procurado saber a respeito.
    Enfim, só não entendo o que é exatamente o líquido que sai. Quando penso sobre o homem, sai no líquido o esperma então, tem que sair. Mas na mulher sai alguma coisa? De onde surge esse líquido? Você sabe explicar?

    Beijos.

    • Letícia F. October 28, 2011 at 15:09 - Reply

      Lala, não sei explicar. Mas assim que eu tiver tempo (depois do feriado de 15 de novembro, só), eu vou pesquisar bastante a respeito. Beijo

    • Escarlate October 28, 2011 at 16:38 - Reply

      Há!! Salvei a vida de vocês/not agora:

      http://cantinhodaeris.wordpress.com/2009/11/22/desvendando-a-ejaculacao-feminina/

      Tudo o que eu sei sobre ejaculação feminina eu aprendi aqui. Leiam, é muito interessante. Tem artigos, e até video explicando. Eu nem sabia que tinha próstata antes de ler esse texto!

      • Letícia F. October 28, 2011 at 16:49 - Reply

        Por favor observe que a existência de próstata no corpo da mulher não é uma teoria aceita plenamente.

        • Roberto Lima October 30, 2011 at 12:26 -

          Não é próstata, são as glândulas parauretrais que produzem uma secreção que pode ser expelida durante o orgasmo, particularmente quando o ponto G é estimulado .

        • Luiza October 30, 2011 at 22:50 -

          O texto dessa moça está confuso pra mim, pq meu líquido sai da vagina. Eu sei pq já saiu na hora que eu e ele estávamos estimulando e por essa entre outras vezes sei que sai da vagina.

    • Escarlate October 28, 2011 at 17:25 - Reply

      De acordo com o que eu li sobre o assunto, é um assunto novo, que foi negligenciado há muito tempo (como tudo que se refere à mulher). Mas já há estudos bem sólidos sobre isso, e temos uma glândula ( a de Skene) que é bem parecida em termos fisiológicos com a próstata masculina.
      http://www.unicamp.br/unicamp/unicamp_hoje/jornalPDF/ju358pag05.pdf

      • Letícia F. October 28, 2011 at 17:32 - Reply

        Eu li esse estudo da Unicamp. Mas, como disse, ainda não é consenso científico.

    • Luiza October 30, 2011 at 22:42 - Reply

      Bem, isso acontece comigo. Mas só acontece com um homem e é claro que casei com ele. Já tentei saber pela internet como acontece e nada. Fui à dois ginecologistas e coincidentemente eles se limitaram a dizer que o que eu tinha era sinal de saúde. Como sou meio tímida não quis questionar vou tentar de novo semana que vem que é qdo tenho uma consulta. já tinha meio abandonado esse assunto. Mas já que vcs lembrarm dele. Vou continuar investigando. Só posso dizer que pra acontecer tenho que estar mais relaxada que o normal. Um pouquinho de vodka dá uma ajuda. Sou uma pessoa muito tensa e ocupada e por isso pra desligar preciso de um pouquinho de ajuda. Bjs à todos!

      • Letícia F. October 30, 2011 at 23:06 - Reply

        Luiza, mas você não precisa se preocupar com o squirting. É normal.

  7. Juliana M. October 28, 2011 at 15:04 - Reply

    Sério, eu nunca gozei! tenho vergonha de falar dessas coisas com minhas amigas, até esse exato momento eu achava que mulher gozando era igual homem… não na mesma quantidade, mas achei que rolava um líquido… por favor me explique. O que é gozar?

    • Letícia F. October 28, 2011 at 15:08 - Reply

      Vc nunca chegou ao orgasmo nem com masturbação, Juliana?

      • Juliana M. October 28, 2011 at 16:31 - Reply

        Na verdade não, não tenho o hábito de me masturbar na verdade eu só fiz isso uma vez, igualzinho ao post da leitora rs foi um experiência…. e fez ploft rs saiu bastante líquido mas eu não entendi bem o que foi aquilo, não tive nenhuma sensação diferente quando aconteceu! Nas hora da transa também nunca tive um orgasmo e nunca soube definir o que era gozar … o máximo que senti foram as pernas tremendo de levinho..

        • Letícia F. October 28, 2011 at 16:46 -

          Juliana, você precisa começar a se masturbar.

        • Caroline October 28, 2011 at 19:19 -

          Juliana, acho q se vc tivesse gozado vc saberia. Então se vc não sabe, não deve ter gozado. Não tem necessariamente a ver com abundância de secreção nem nada disso. É uma sensação de prazer máximo que dura alguns instantes. Não tem como confundir. Concordo com a Lê… vc precisa se masturbar, experimentar, descobrir mais! Sugiro um chuveirinho de água. É bom e simples pra começar. hahahaha

        • Juliana M. October 31, 2011 at 16:01 -

          Obrigado pelos conselhos, acho que vou procurar um médico, não me imagino me masturbando, não tem nada a ver com crença coisa e tal mas tenho um bloqueio com isso, sei lá apesar de ler várias matérias e ver vários depoimentos aqui no blog, na minha cabeça uma mulher não conseguiria ficar exitada com as próprias mãos SOZINHA. Aparentemente estou enganada… vou experimentar o chuveirinho e tentar fazer amizade com meus dedos rs. Bjs

    • Nina October 28, 2011 at 15:38 - Reply

      Na minha definição, por experiência, é o ápice do prazer (sem estrelinhas pipocando), com tremedeira, respiração ofegante, espasmos vaginais (tipo uma dorzinha gostosa, na falta de um termo mais apropriado), seguido de uma sensação de cansaço gostoso no corpo todo… Tem vezes que é mais intenso, tem vezes que é chato… Será q com todo mundo é assim? Sei que varia de intensidade, mas, de vez em quando, meu orgasmo é “fraquinho”, “sem sal”, fico até na dúvida se “cheguei lá” mesmo… =) Preferia ter passado mais tempo no ato propriamente dito! =D

      • Caroline October 28, 2011 at 23:39 - Reply

        Nina, não, acho q é assim mesmo. Comigo tbm é assim, tem orgasmos deliciosos, e tem uns orgasmos xoxos q eu chamo de “gozar frio”. hahaha

      • Cecilia October 29, 2011 at 07:23 - Reply

        Sinto a mesma coisa…
        Que as vezes é mais intenso, outras mais fraco.

  8. Mariana October 28, 2011 at 15:20 - Reply

    Uau até que enfim um post sobre isso.. Gente não sei pra essa moça do texto, mas para mim qdo eu ejaculo ( em 90% das relações) eu sinto um orgasmo mais intenso do que qdo eu não ejaculo. Comigo começou a quase um ano, antes eu gozava e não expelia nenhum líquido. Mas acho ótimo, molha o lençol mesmo, mas a sensação é perfeita.. meu namorado adora, fica muito mais excitado ainda…. o problema é q esse tema ainda é muito pouco comentado, eu mesma procurei o meu ginecologista para contar sobre isso e ele me disse que ejaculação feminina nao existe… fiz exames que ele mandou, tomei remédio e nada.. continuou a mesma coisa. Depois disso procurei mais afundo sobre este assunto na internet e vi que existe sim, talvez certas pessoas nao acreditem pq ainda nao aconteceu com elas, mas o que vale, para as mulheres que estao sem saber se isso é normal ou nao, é saber que existe sim, e eu diria mais, que quem sente isso pode se considerar uma sortuda.. é bom de mais..Hoje sou completamente desencanada com isso. bjos e vamos gozar litros sim meninas…

    • Letícia F. October 28, 2011 at 15:32 - Reply

      Mariana, essa questão é tipo comparar o orgasmo clitoriano com o vaginal. Não existe uma coisa pior ou melhor, intensa ou menos intensa. Fico feliz de vc estar satisfeita sexualmente, mas comentários como o seu dão a impressão de quem não consegue está “perdendo” algo, e não vejo a coisa dessa maneira.

      • Mariana October 28, 2011 at 16:07 - Reply

        Muito pelo contraio D. Leticia não estou comparando nada, até pq orgasmos nao sao iguais para todas as mulheres seja ele clitoriano, vaginal ou ambos. Efim, fiz este comentário pensado em coloborar com algumas que já passaram por isso e não sabem exatamente o que é, tanto que até citei o que o médico me disse. Mas, se vc ficou chateada pq nunca sentiu e acha q vc é a mais experiente de todas OK.

        • Letícia F. October 28, 2011 at 16:10 -

          Mariana, eu não sou chateada com NADA da minha vida sexual. Acho que dá pra perceber isso pelo blog, né? E justamente por eu ter um blog eu sei como esse assunto é delicado para as LEITORAS, e inclusive algumas delas jamais sequer gozaram.

          Pare de se fazer de vítima, por favor, e se coloque no lugar dos outros.

        • Lara October 28, 2011 at 16:21 -

          Leticia.. ADORO vc e seu blog… mas de vez em qndo vc se acha a dona da razão… no texto a Mariana deixa bem claro que é a opinião DELA… oq acontece com ela… se nem nos comentários a pessoa pode expressar sua opinião… eu não sei mais então!!!
          Entao quer dizer que ninguem mais pode dar opinião com “medo” das OUTRAS leitoras se frustrarem??? Pelo amor de Deus!!!

        • Letícia F. October 28, 2011 at 16:26 -

          Lara, estou cansada dessa vitimização. De verdade. Ela deu a opinião dela, eu dei a minha. Ela pode discordar de mim e eu não posso discordar dela? Pelamordedeus.

        • Noh October 28, 2011 at 16:33 -

          Engraçado demais, ou eu leio tudo as avessas ou certas gurias não entendem um simples comentário. Não vi nenhuma chateação, entendi o que a Mariana disse e ótimo se ela ta super satisfeita, afinal tem muita mulher, como esta aqui, que ainda não gozou e é muito importante falar sobre isso, agora esse mimimi de que a Leticia so sabe reclamar e que não aceita opiniões contrarias é bem 10 anos de idade num é não.
          E podem falar que é puxasaquismo, eu não me importo.
          Vamos aprender a ler e a pensar sem as facas afiadas nas mãos.
          FICAADICA.

        • Mariana October 28, 2011 at 16:48 -

          Vitimização?? ahah essa foi a pior…. caramba.. eu tbm gstava do teu blog, mas pareeee, quem ta se fazendo de vitima eh vc e nao ta querendo aceitar…. Ou entao vc deveria parar de falar de orgasmos pq existem as pq existem tbm as meninas que desconhecem isso….Por favor se coloque no lugar delas né?? kkk

        • Letícia F. October 28, 2011 at 16:50 -

          Ai, Mariana, sério. Hoje é sexta-feira, estou cansada e me arrumando pra sair. Eu não vou ficar discutindo com você, de verdade. Get a life.

    • Ricardo F. November 3, 2011 at 08:19 - Reply

      Mariana, concordo com você.

      Essa mocinha deveria proibir comentários no seu blog, pois ela nunca aceita porra nenhuma que os leitores comentam. Ou você concorda ou a bichona ai fica brava.

      Ela realmente se acha a dona da verdade, e nas respostas a alguma crítica só sabe colocar “minha vida sexual é plena”, “cansei de você”, todas essas coisas. Se não quer comentários tiazinha, tire essa opção do seu site.

      Você com certeza não é a dona da verdade nessa porra! Adoramos ler seus textos, os pontos que você aborda são polêmicos, mas não fique detonando os outros com essa idéia de “vítima”, pois para quem está de fora, parace que quem se faz de “vítima” é você! Ahhhh, a bola é minha e se eu não jogar vou guardar.

      • Letícia F. November 3, 2011 at 08:37 - Reply

        Então guarde, Ricardo. Eu realmente não preciso de leitores como você.

  9. Mulher fogosa October 28, 2011 at 15:31 - Reply

    Letícia, eu nunca gozei durante o sexo. Adoro sexo, mas ñ consigo gozar. Durante a masturbação gozo horrores, mas a 2 nunca rolou.
    Geralmente me masturbo colocando uma toalha enrolada no meio das pernas e precionando o clitoris, além de estimular a vagina ou o anus. Mas a toalhinha tem q rolar. Gostaria de icas para conseguir gozar durante a penetração.

    • Letícia F. October 28, 2011 at 15:33 - Reply

      Muitas mulheres não gozam com penetração. Você já experimentou usar um bullet (pequeno massageador) durante o ato sexual?

      • Mulher fogosa October 28, 2011 at 15:38 - Reply

        ñ. hj fui num sexshop e comprei um vibrador e um gel diferente. vou ver se funciona

        • Mulher fogosa October 29, 2011 at 19:22 -

          Leticia, foi a melhor compra que eu ja fiz em minha vida. O vibrador que eu comprei é um que aparece no filme “De pernas pro ar” com Ingrid Guimarães. Putz!!! Ele é maravilhoso. Gozei horrores. Acho que todas as mulheres deveriam ter um desses. Indico!!!! Muito bom!!!! Como diz a vendedora é o LATINO. Ui!!! Ele vibra muito, estimula tanto a vagina quanto o clitóris. E ainda por cima mexe muito!!!

        • Letícia F. October 29, 2011 at 19:47 -

          Qual é o vibrador? Você tem um link pra nos mostrar?

    • Cecilia October 29, 2011 at 07:26 - Reply

      Compre um vibrador!

      Vc nao vai se arrepender…

  10. Mauricio October 28, 2011 at 15:43 - Reply

    Nunca vi nada disso na vida real. Só gente falando a respeito.
    Pornografia em geral é mais criativa que ficção científica, e a maioria dos vídeos de “squirting” é gente que enche a bexiga de água antes de filmar e sai mijando mesmo.
    Mas se o fenômeno é real, pode ser uma “hiper-lubrificação” expelida na contração vaginal durante o orgasmo. A guria mesmo disse que só acontece quando fica “super excitada”.
    Duro mesmo é ver gente perseguindo isso como se fosse o Santo Graal. Acontece com você? Legal. Nunca conseguiu fazer? Bora transar que você ganha mais.

    • Letícia F. October 28, 2011 at 15:46 - Reply

      Concordo totalmente com o final do seu comentário. As pessoas perseguem tanto o orgasmo que esquecem o antes, que é uma delícia.

      • Nina October 28, 2011 at 16:00 - Reply

        Disse tudo, Letícia! como falei num comment anterior, às vezes meu orgasmo é meio sem graça, não sei se é normal, acontece raramente, mas quando acontece, fico um pouco frustrada pq a transa tava tão boa… =) Será que é pq só tenho orgasmo clitoriano?
        Também acontece de eu estar tão concentrada na transa, gostando tanto que não sinto a necessidade de me estimular, fico só curtindo, meu marido goza e eu fico de boa, sem gozar, só curtindo o tesão, até que o sono chega… =P E ele fica todo preocupado, mas nas vezes em que isso acontece, não sinto a necessidade de chegar ao orgasmo. Sei que saí do foco do post, mas são coisas que me fazem pensar, não que eu encane com isso, mas fico curiosa… =)

        • Letícia F. October 28, 2011 at 16:06 -

          Nina, eu não faço questão de chegar ao orgasmo. É ótimo? É. Mas eu acho tudo ótimo, então…

        • Noh October 28, 2011 at 16:35 -

          Acho que o segredo de ser bom esta ai, desencanar do orgasmo, e aproveitar o antes e o durante sempre, o final é variado demais.

        • Mariana October 31, 2011 at 07:24 -

          Eu também não faço questão de chegar ao orgasmo sempre, pois também acho todo o tesão e clima que rola nas preliminares e no ato em si (posições, mãos, dedos, línguas, ver a cara de tesão e de tarado do meu namo olhando pra mim) ótimo que se rolar o orgasmo apenas será mais um complemento.
          Gostaria de saber das leitoras, por curiosa, quais as posições que mais facilitam o orgasmo para elas.
          Para mim, papai e mamãe e de quatro.
          Beijossss gurias e um Beijão pra vc Lê!

    • Escarlate October 28, 2011 at 17:17 - Reply

      Nossa, quando eu não chego no orgasmo eu me frustro muito. Aconteceu 2 vezes nesses meus 2 anos de vida sexual ativa, e eu acho bem ruim. Eu sou do tipo que goza muito fácil, nem me lembro da última vez que não tive orgasmos múltiplos. Não falo pra me gabar não, acredito que dá pra curtir sem gozar, mas eu não consigo. Fico chateada, mas é muito raro.

    • Caroline October 28, 2011 at 23:48 - Reply

      Acho q não é hiper lubrificação não, e nem é vaginal. Pelo q li em algum lugar, o liquido nem sai da vagina – sai da uretra mesmo. E eu, pessoalmente, acho q seria dificil algo “esguichar” da vagina – a não ser q a mulher seja uma mestra em pompoarismo – acho q a lubrificação vaginal não funciona assim, não sai em jatos e mesmo com contração do orgasmo não esguicharia pq a vagina é larga demais pra isso e as contrações não são tão fortes assim.
      Pelo menos é oq faz sentido pra mim.

      • Bela October 29, 2011 at 16:46 - Reply

        Isso mesmo, o líquido sai da uretra não da vagina. Eu ejaculo quando transo no período que estou ovulando e já foi bastante constrangedor, pois eu e os caras pensávamos que fosse xixi. Então aprendi que não, isso existe mesmo para algumas mulheres e molhar lençol já é esperado. Aconteceu hà pouco tempo, de esguichar, literalmente. Ele já tinha gozado e eu percebi e quis mais, então fizemos de pé, em frente ao espelho: foi maravilhoso, gozei muito mesmo! Esse cara adora, e sempre me procura quando estou ovulando…rsss… com ele tenho sexo casual mesmo, pois temos tantas divergência intelectuais que não rola relacionamento: uma pena. Então me permito transar com ele às vezes, sem compromisso nenhum… e ele me faz gozar sempre: já rolou até de atingirmos o clímax juntos. Não entra na minha cabeça uma mulher que não goze: a melhor forma de saber o que é isso, é masturbar-se… faço isso desde os 12 e só transei aos 19!

        • eu November 1, 2011 at 09:37 -

          Ah, você falou numa coisa legal eu e meu marido quase sempre atingimos o orgasmo juntos, chegamos numa sintonia, é ótimo!

    • Mauricio November 1, 2011 at 15:05 - Reply

      Bom, fui atrás de um pouco de explicação e, apesar de não ter achado nada efetivamente conclusivo, parece haver evidências que sustentem a existência de glândulas que secretem algum líquido na uretra.
      É preciso mais pesquisas a respeito. Se alguém tiver mais informação, seria bom mandar para a Letícia postar.
      Depois de ler os comentários e os links sugeridos, lembrei de uma certa peculiaridade: No sexo oral, já senti uma diferença enorme no sabor dela após o orgasmo. Fica muito mais adociçado. Nunca senti jato nenhum, mas o sabor muda bastante.
      Seria isso?

  11. Mariana October 28, 2011 at 15:47 - Reply

    Bem, eu esperava que um dia a gente tocasse neste assunto. Esse “fenômeno” aconteceu comigo enquanto eu namorava um carinha muitíssimo bom de cama. Foi assim: toda vez que a gente ia prá cama, chegava num ponto de excitação que me dava uma vontade louca de fazer xixi. Muitas vezes eu estraguei o clima, que estava ótimo, para ir ao banheiro. Demorava, saiam uns pinguinhos que não justificavam aquele aperto e eu voltava envergonhada para a cama imaginando que ele pensava que eu fosse ao banheiro fazer outra coisa. Uma vez, num motel, a gente estava nesse ponto quando me deu vontade outra vez, mas ele insistiu em continuar e me estimulou a soltar o xixi. Eu deixei sair, só que não saiu xixi nenhum. Saiu outra coisa que deixou a cara dele ensopada. Eu perdi totalmente o tesão mas ele foi em frente. Terminada a transa, eu ainda pensando que tinha urinado na cara dele, ele me falou que aquilo não era xixi, embora tivesse saído pela uretra. Fui à gineco e ela me falou sobre essa tal ejaculação, que não tem nada a ver com a ejaculação masculina e que não provoca prazer, apenas um certo alívio. Daí em diante, enquanto o namoro durou, era comum acontecer e uma vez eu cheguei a ver o esguicho. É um líquido transparente, ligeiramente claro, sem cheiro nenhum. Foi legal ter acontecido isso, e também foi legal que não acontecesse mais. Mas que existe, sem dúvida, existe.

    • tathiana October 28, 2011 at 17:55 - Reply

      Nossa, Mariana. Ira postar sobre isso. Sempre tive curiosidade em ejacular! Gosto de provar tudo! Mas nunca consegui. Esses dias estava conversando com um caso meu na cama e perguntei se ele já havia vivenciado isso e ele disse que sim. Foi a primeira pessoa que disse sim. Então comecei a pensar nas vezes em que eu estou transando e me dá uma vontade louca de fazer xixi. Muitas vezes me seguro, perco a atenção em tudo, só para não pedir para parar e ir ao banheiro. Depois que termina o sexo a vontade passa. Sempre pensei que essa vontade de fazer xixi poderia ser a vontade da ejaculação sair! Será que é mesmo? Nunca tive um homem que me falasse: CONTINUA!!! Agora quero tentar!!!

      Adorei o post Letícia!

      Bjs

      • Cecilia October 29, 2011 at 07:29 - Reply

        Nossa!
        Sinto a mesma coisa! Uma vontade maluca maluca de fazer xixi, que eu “seguro”… Ou me desconcentro, sei lá.

        Alguém pode dizer se a sensação é essa mesma? de vontade de fazer xixi????

        Normalmente acontece quando a posição estimula o ponto g.

        • Alessia October 29, 2011 at 12:20 -

          Pra mim é isso mesmo, parece que vontade de fazer xixi, mesmo que eu recém tenha ido no banheiro.

        • Alessia October 29, 2011 at 12:21 -

          Ah sim, e eu cheirava aquela coisa (e eu sou mto chata com cheiros), pensava que só podia ser xixi, mas não tinha cheiro nenhum.

        • Cris October 29, 2011 at 20:04 -

          Pra mim tbm é a mesma sensação, parece vontade de fazer xixi mas não é, nem tem cheiro de xixi. Comigo acontece mais nas posições que sou penetrada por trás. Tbm ficava me segurando, insegura como relataram, até que um dia deixei rolar e ejaculei. Achei demais a sensação!

  12. NINA Bruninha October 28, 2011 at 15:58 - Reply

    Eu achava que deveria ser lenda urbana com certeza, até que um dia acontexeu comigo… foi só essa vez, siriricando sozinha e assim como a autora do texto, foi após muito tempo de excitação sem gozar.
    Veio um líquido clarinho, transparente sem cheiro e uma quantidade pequena… mas foi legal ver. que existia e que pode acontecer comigo!

  13. Isa October 28, 2011 at 15:58 - Reply

    Adorei o Post! Sigo o blog a pouco tempo e acho incrível os textos.
    As pessoas que lhe xingam devem ter sérios problemas consigo mesmas ou morrerem de inveja por você ser tão resolvida e ter coragem de expôr suas experiências. Tenho certeza que já ajudou muitas pessoas e a isso os tais invejosos/problemáticos não reconhecem.
    Sucesso Letícia! E força para continuar ;)

  14. Marie October 28, 2011 at 16:02 - Reply

    Eu ejaculei pela primeira vez na minha segunda relação sexual, e continuei ejaculando por muitas vezes seguidas.. O estranho é que com o tempo, a prática foi se aperfeiçoando, eu fui me soltando, o sexo foi ficando melhor e melhor, e…… Parei de ejacular. Nunca mais molhei minha cama. Pessoalmente não me importo pq eu não sinto diferença entre gozar ejaculando ou não, e nem sempre acontecia durante o orgasmo.. Mas hoje não tenho que dormir no molhado haha
    Sou curiosa pra saber o motivo pra ter parado de ejacular, sem neuroses, só curiosidade mesmo.. Mas sei que meu namorado passou um tempo pensando “Será que não tem sido bom o bastante como antes??”.. Essas coisas de homens inseguros mesmo quando não temos mais palavras pra explicar como foi bom.
    Beijoos

  15. Si October 28, 2011 at 16:10 - Reply

    Oi, Le!!!
    Já aconteceu comigo, mas foi uma vez e nunca mais… não sinto falta, mas foi curioso…
    Eu estava em casa com meu primeiro namorado e no sofá, ganhei meu primeiro oral, mas sentir os jatos me deixou meio desesperada por estar molhando o sofá, colocamos a camiseta dele por baixo e tb a molhei, mas nada demais… achamos engraçado, mas nem encanamos com isso.
    Nunca mais aconteceu, mas com a minha lubrificação já molhei muitos lençóis, não sei se tem algo a ver…
    E bom, como ainda não consegui ter um orgasmo durante o sexo (pois é… sempre me masturbei, mas ainda to aprendendo do q eu gosto rpa poder ensinar…rs)… bom se acontecer de novo, espero conseguir relaxar e curtir ao invés de se desesperar por estar molhando algum móvel… rs

    • Letícia F. October 28, 2011 at 16:13 - Reply

      Si, eu também molho lençol com lubrificação às vezes. Não acho que é caso de squirting, pq eu nunca senti os tais jatos.

  16. HOMEM OPINIÃO October 28, 2011 at 16:15 - Reply

    Tenho que falar desse assunto não me segurei,, praticamente todas mulheres que fui aconteceu essa ejaculada.Acho que deve ser porque sou avantajado modéstia parte.É uma molhaceira que ficava imaginando a cara da faxineira do motel hahahah.

    • Letícia F. October 28, 2011 at 16:17 - Reply

      Meu Deus.

      Vc como sempre com comentários super pertinentes. Só que ao contrário.

      • HOMEM OPINIÃO October 28, 2011 at 16:20 - Reply

        O que tem demais em falar a verdade? Contei um causo que sempre acontece comigo, apesar de nunca falar das minhas intimidades em um blog rsrsrsr E vc sempre pegando no meu pé em mocinha, ja ta virando perseguição Bullyg kk

  17. Pah October 28, 2011 at 16:19 - Reply

    Nunca aconteceu comigo de “esguichar”, mas já aconteceu de expelir líquido após retardar o orgasmo. Mas eu fiquei com uma dúvida por causa dos comentários. Todas as mulheres ficam molhadas quando excitadas?

    • Letícia F. October 28, 2011 at 16:20 - Reply

      Sim, Pah.

      • Thiago October 28, 2011 at 16:38 - Reply

        Minha namorada diz que não. Que já ficou excitada mas sem muita (ou nenhuma) lubrificação.

        E antes que falem algo, ela falou disso se masturbando sozinha, não como desculpa durante o sexo.

        • Letícia F. October 28, 2011 at 16:45 -

          Thiago, ela pode ter alguma questão hormonal ou algum problema momentâneo.

        • ritinha October 30, 2011 at 23:15 -

          já passei por isso de estar mto excitada e nao ficar molhada
          duas situações: um é o período que vc se encontra(ovulando, pré menstrual..) e outro é se vc ja deu muitas na noite, tem uma hora q nao lubrifica mais mesmo

  18. Rafa October 28, 2011 at 16:22 - Reply

    Oi Lê. Acho interessante vc colocar esse texto, pq é uma coisa que muita gente acha que é mentira. Comigo começou a acontecer uns 4 anos atrás, e por falta de informação, eu achava meio ruim, Quando descobri o que era e vi que é uma coisa que eu não posso controlar me senti mais a vontade. Meu namorado simplesmente ama, ele tem a impressão que ele é responsável pelos maiores orgasmos do mundo ( não que ele não seja, mas concordo com a autora do texto, o fato de estar mais molhada não significa que o orgasmo está mais intenso.) Mas acho engraçado isso das pessoas que nunca viram de falar que não existe, assim como não existe mulher que goza só com anal ou coisa assim, tipo, quem é você pra dizer o que pode ou não acontecer com o corpo de outra pessoa? Enfim, continue com os bons textos Lê! Beijos

  19. Thai October 28, 2011 at 16:28 - Reply

    Sortudas!!! =)

  20. ANDRÉA October 28, 2011 at 16:45 - Reply

    NOSSA, SEMPRE ACHEI QUE ISSO FOSSE MITO

  21. O_escritor October 28, 2011 at 17:43 - Reply

    Opa, tema otimo!
    Nunca aconteceu com alguem que eu transei, acredito que para o homem deve ser otimo! pq deve ser mais quentinho! :-)

  22. Mariana October 28, 2011 at 19:42 - Reply

    Venho aqui todo dia, e me identifiquei bastante, muito mesmo, com o squirting. Motivo? Acontece comigo quase sempre quando eu estou me masturbando. Assim como a garota do post, também me masturbo desde os 13 e não imaginava que essa reação fosse o squirting, e sempre sem nenhum dedinho lá dentro, do mesmo jeito que ela, só estimulando com muita calma e dedicação. Como sou virgem ainda não deu pra ter noção do que e como e se acontece durante a relação, mas fiquei tremendamente curiosa. Interessante conhecer mais esse fator sobre o meu corpo, sempre achei que fosse simplesmente um orgasmo, normal e tal.

  23. Lu_27 October 28, 2011 at 20:35 - Reply

    Aconteceu comigo há 15 dias, qd estava me masturbando, estimulando o clitóris, foi o orgasmo mais intenso que tive, e numa segunda vez, qd eu estava muito excitada, aconteceu de novo, e qd eu tava pegando o jeito, comecei a ficar muito ansiosa para acontecer de novo, e não deu mais certo, o negócio é aproveitar o momento e qd tiver gozando tentar prolongar ao máximo o orgasmo estimulando o clitóris. Estou solteira e sem peguete agora, e estou louca por um sexo oral, quero aquela sensação na boca de um homem.

  24. Carolza October 28, 2011 at 20:36 - Reply

    Então, também já ejaculei algumas raras vezes, e na maioria delas me masturbando. Depois que ejaculei a primeira vez, curti muito e tentei buscar outras vezes, pelo puro prazer do novo. Aí acabei descobrindo uma estimulação que quase sempre me levava a ejacular: estimulação do ponto G + clitoriana OU estimulação do ponto G + anal.

    Quando ejaculo é sempre em pouca quantidade (umas quatro colheres de sopa – haha). O líquido, no meu caso, pelo menos, não tem viscosidade e é incolor.

    A sensação pré-ejaculação é parecida com a pré-gozada sem ejaculação, no entanto eu sei diferenciar quando vou ejacular ou não. Além disso não vem em jato, mas sai naturalmente junto com o orgasmo, como se fosse uma água transbordando de um copo, e não água saindo de uma mangueira (como é o caso do xixi).

    E aproveitando o comentário do colega anterior, não é quentinho como o xixi, por exemplo. Acho que tem a mesma temperatura que o esperma.

  25. Madame October 28, 2011 at 20:50 - Reply

    Acho que nunca tive isso..mas acontece algo interessante: quando transo com vontade de fazer pipi o orgasmo vem beem mais forte!

    Já me explicaram isso mas não lembro o porquê..

  26. Lia October 28, 2011 at 21:08 - Reply

    Thiago, Letícia e demais leiotires, eu só tive orgasmos com a masturbação. E nunca (nem antes e nem após) me aconteceu de eu ficar lubrificada – nem um pouquinho que seja – nesses momentos. A pouca lubrificação que tenho só ocorre quando estou excitada diante de um homem.

    Outra coisa. Evito, muitas vezes, de me masturbar porque isso me dá taquicardia e me deixa exausta -mesmo que a masturbação dure pouco mais de um minuto. Às vezes não vale a pena sentir isso nem com a maravilhosa sensação que o orgasmo me dá.

    Isso é normal?

    • Letícia F. October 29, 2011 at 09:56 - Reply

      Lia, eu recomendo que você procure um médico. É normal ficar lubrificada, mesmo só com masturbação. Realmente no início não vai ter nada, mas com o estímulo na região isso deveria acontecer.

      • Si (Simone) July 26, 2012 at 01:19 - Reply

        Pois Le, comigo é o contrário, depois q eu começo a estimular, a lubrificação vai diminuindo, até cessar. Tanto que eu percebi que funciona melhor se eu só começar a estimular depois que já estiver beeeem molhada, pra dar tempo de chegar ao orgasmo sem ‘secar’.

        • Letícia F. July 26, 2012 at 01:24 -

          Si, use lubrificantes à base de água.

        • Si (Simone) July 26, 2012 at 02:07 -

          Mas é normal, isso de parar de lubrificar depois que começa a estimular? Eu sempre soube q era o contrário…

        • Letícia F. July 26, 2012 at 02:10 -

          É normal “secar” depois de um tempo. O lubrificante não é só pra sexo anal, ainda que popularmente seja visto dessa forma.

  27. Javert October 28, 2011 at 21:27 - Reply

    Letícia,
    Já tive parceiras com pouca lubrificação, outras com muita lubrificação e somente uma vez aconteceu o que narra. Já havia lido a respeito mas confesso que fiquei surpreso, foi de fato intensa a surpresa e a curiosidade pelo ineditismo da situação. Concordo também que prazer e a ejaculação feminina não necessariamente andam juntas, acho mesmo muito melhor o antes e o depois. Ter em seus braços , aninhada, ouvindo e sentindo sua respiração pausar , uma mulher após o gozo é muito melhor.
    Você, em outro post , já falou de fetiches ?
    Abs

  28. Olívia October 28, 2011 at 21:28 - Reply

    Que inveja (branca) desas mulheres!

  29. Olívia October 28, 2011 at 21:34 - Reply

    Aliás, aqui vai uma pergunta para as leitoras e para você:

    Por acaso, vocês sentiram sua libido diminuir ao começar a tomar anticoncepcional? Conheço uma pessoa que simplesmente não queria mais transar com o namorado. Comigo aconteceu de diminuir a libido… Se antes eu sentia vontade de transar sempre que pensava em sexo, hoje só sinto com amassos mais fortes.
    Quando um cara (mesmo que eu o ache gostoso, lindo, etc) me chama pra sair (e eu sei que vai acabar na cama), eu não me animo mais como antes e nego em 90% das vezes.

    PS.: Eu uso o Belara.

    • Letícia F. October 29, 2011 at 09:55 - Reply

      Olívia, os anticoncepcionais mais modernos não deveriam causar isso em você. Fale com a sua médica. Lembre-se que existem outros fatores que também podem fazer a gente perder o tesão.

      Beijo

      • Cris October 29, 2011 at 19:53 - Reply

        Leticia, independem de ser modernos ou não. Os anticoncepcionais podem sim tanto diminuir a libido quanto aumentar. Assim como podem tanto controlar a acne quanto aumentar, ou seja, tudo depende do organismo, as reações são totalmente pessoais e imprevisíveis. A saída é conversar com o ginecologista, sempre terá um que se adaptará melhor ao teu organismo, sem muitos efeitos colaterais.

        • Letícia F. October 29, 2011 at 20:20 -

          Sim, Cris, se a pessoa não se adapta a um, deve procurar outro. Há diversas opções disponíveis. Mas não dá para comparar com os de antigamente. Eu cheguei a tomar um anticoncepcional fortíssimo e olha, era MEDONHO.

        • Cris October 29, 2011 at 20:29 -

          Pois eu tomo há 2 anos um considerado fortíssimo e tradicional e não sinto NADA! rs.. sério, não tive nem enjoos nem dores de cabeça, pra mim é totalmente sem efeitos colaterais. Pelo contrario, só me trouxe benefícios, pois a libido até aumentou e a pele está linda, sem aquelas temidas espinhas pré-menstruais. Como eu disse, cada organismo é um e reage de forma diferente, portanto essa coisa de moderno ou antigo não quer dizer absolutamente nada. Caso contrario, as pilulas mais antigas já estariam fora do mercado.

        • Letícia F. October 29, 2011 at 20:54 -

          Cris, é sabido que as pílulas modernas são menos agressivas ao corpo da mulher. Há estudos indicando, por exemplo, que pode aumentar os riscos de câncer de mama.

        • ritinha October 30, 2011 at 23:19 -

          eu tomei yasmin por 3 anos, e nos primeiros 3 meses eu perdi totalmente a libido. eu ficava facil sem sexo e meu namorado associou o uso do anticoncepcional com a falta de libido, pq antes eu era fogosa. depois passou um pouco, mas nunca foi a mesma coisa. mas infelzimente a yasmin é um anticoncepcional excelente, não retém liquido, não da espinhas, etc.
          hj tomo outro haha

    • Pah October 29, 2011 at 10:56 - Reply

      Eu tbm senti diminuir um pouco, tomei Yasmin e agora tomo Yaz. Mas tbm não conversei com o médico a respeito…

      • Cris October 29, 2011 at 21:32 - Reply

        Leticia, eu discordo. Estou por dentro do assunto e como vc mesma disse, são “estudos”, só isso não basta pra se ter certeza cientifica sobre a questão. Como vc mesma disse, “é sabido”, não uma certeza. Cuidado com os pre-julgamentos.

        • Letícia F. October 29, 2011 at 21:37 -

          Cris, então me explica porque uma mulher com histórico familiar de câncer de mama não pode fazer reposição hormonal…

        • Cris October 29, 2011 at 21:54 -

          Leticia, infelizmente o espaço aqui é curto pro debate, meu espaço pra replica até acabou. O que posso te dizer aqui agora (resumidamente) é leia a bula do teu anticoncepcional. Lá vc encontrará a resposta pra tua pergunta. O anticoncepcional é um medicamento e como tal possui contraindicações. Esses estudos que vc comentou que correlacionam câncer e pilula vale pra todo anticoncepcional, não somente os mais antigos. Ela tbm pode causar trombose, infarto, etc uma serie de doenças, não pensei que vc ta livre disso por tomar uma pilula moderna. Por isso é tão importante o acompanhamento médico, eu só tomo a minha assim. Como o assunto tá fugindo mto do tema do post, sugiro que o assunto “pilula” ganhe um novo post, que tal?..fica a sugestão. Bjokas

        • Si (Simone) July 26, 2012 at 01:46 -

          Realmente, existe esse impedimento em relação à reposição hormonal quando há histórico familiar de câncer, mas só vale quando esse antecedente for parente em 1º grau (mãe ou irmã, especificamente). Nesse caso, é necessário que se façam exames muito minuciosos para descartar a existência de câncer ainda que em estágio inicial, pois se houver, o tratamento hormonal pode agravar e acelerar o crescimento do tumor (repito: somente se JA HOUVER células cancerígenas). Se não houver nada, o tratamento pode inclusive ajudar a evitar o surgimento de um tumor.

    • Curiosa October 29, 2011 at 19:07 - Reply

      Eu tomava yaz e minha lubrificação praticamente acabou, na época eu passei a comprar lubrificantes, mudei para Elani(mesma fórmula) a lubrificação melhorou , mas minha libido aos poucos foi acabando, posso dizer que zerou, eu era do tipo que me excitava fácil. Foi me recomendado o belara ,que me deixava mais tempo na cama mas de sono rs. Eu resolvi parar de tomar anticoncepcional, tava evitando isso porque minha pele ficou linda e antes do anti eu tinha espinhas,mas ficar sem libido é um preço alto demais, to disposta a fazer tratamento de pele, caprichar mais na rotina de cuidados em troca do meu fogo que ta me fazendo uma falta danada !!! meu parceiro fez vasectomia, mas meninas, muito cuidado nos periodos de troca ou antes de parar para que não ocorra uma gravidez inesperada.

    • Olívia October 30, 2011 at 11:15 - Reply

      O que aconteceu foi que eu fiquei com o comportamento parecido de um depressivo (eu tenho noção de que não estou depressiva, e que isso começou depois que comecei a tomar o Belara): não tenho vontade nenhuma de sair (antes, eu não passava um fim de semana sem ir à balada); não tenho vontade de paquerar, porque dá preguiça; não tenho vontade de transar; tô dormindo demais e até a faculdade tá abalada, porque eu não tenho nenhuma motivação pra ir a ela… Tá, tipo, foda.

      E como a Curiosa disse, minha lubrificação também diminuiu!

      Falarei sobre isso com minha ginecologista (eu já deveria ter falado beeem antes. Não falei porque pensei que seria coisa momentânea), é o melhor que eu faço.

      Obrigada, meninas!

      • Letícia F. October 30, 2011 at 11:18 - Reply

        Olívia, você tem certeza de que não está depressiva?

        • Olívia October 30, 2011 at 22:18 -

          Pra falar a verdade, não tenho certeza, não. Têm acontecido coisas na minha vida, mas não sei até que ponto o anticoncepcional pode influenciar na minha estabilidade emocional.
          Procurarei saber.

        • Letícia F. October 30, 2011 at 23:04 -

          Olívia, a depressão pode ser causada também por fatores biológicos. Às vezes nem é preciso ter um problema grande, real. Pode ser um desnível hormonal, por exemplo. Procure um bom psiquiatra.

        • Camilinha October 31, 2011 at 15:45 -

          Bom, eu tava tomando Triquilar há 5 anos, mas por ter que começar a tomar antidepressivos, meu médico suspendeu o anticoncepcional. Agora a libido melhorou um pouco… Ainda não estou no 100%, mas posso considerar que já melhorou uns 70.

        • Olívia October 31, 2011 at 19:47 -

          Camilinha, não entendi… Sua libido aumentou ou diminuiu por causa do anticoncepcional?
          Você é depressiva?

        • Anonymous November 4, 2011 at 09:11 -

          Olivia, minha libido tinha diminuido, mas por causa da depressão. Como comecei a tomar antidepressivo, meu médico suspendeu o uso do anticoncepcional. Sem ele, e com o uso do antidepressivo a libido melhorou um pouco… Mas enquanto tomava o anticoncepcional a libido era super normal.

        • Camilinha November 4, 2011 at 09:15 -

          Olivia, só com o anticoncepcional a libido era normal… Com a depressão ela diminuiu bastante. Por causa da depressão, o médico introduziu o antidepressivo mas cortou meu anticoncepcional. Agora a libido voltou, ainda não está 100% mas já melhorou muito!

  30. Vivih October 28, 2011 at 22:12 - Reply

    Oi Leticia!
    É a primeira vez que tive coragem de comentar, mas sempre venho dar uma espiada. Adorei o texto, foi realmente esclarecedor.
    No meu caso eu sempre achei que os dois eram a mesma coisa, que um se confundia com o outro, até porque só achava que eu tinha gozado quando havia a ejaculação.
    Comigo até acontece, mas no começo demorou muito e meu namorado sempre ficava “chateado” por achar que eu não gozava, a primeira vez que aconteceu eu fiquei com tanta vergonha que não sabia o que falar, ai ele me explicou que eu tinha gozado, achei estranho mas nem questionei muito porque ele ficou tão feliz.

    Ótima sexta p ti!

    Bjoooo

  31. Braga October 29, 2011 at 00:04 - Reply

    Já aconteceu com 7 mulheres que eu fiz sexo. Particularmente, eu não gosto, mas está fora do meu controle, pelo menos eu acho que está. Dessas 7, 3 tinham sido pela primeira vez e dessas 3, duas me perguntaram o que tinha acontecido porque nem elas mesmas sentiram na hora que aconteceu, a outra causou isso com masturbação depois do sexo. Ela quis fazer sexo oral em mim enquanto se masturbava e a coisa lá do outro lado acelerou até dar aquela espirrada.
    Em nenhum dos casos foi como nos filmes pornô. Foi algo bem mais discreto, como quando você aperta com força uma seringa de 30ml cheia de água.

  32. Delightfulltrip October 29, 2011 at 00:16 - Reply

    Aqueles pequenos barulhinhos que a menina faz, é isso? Chega ser perto disso? Não sei usar a palavra ideal, mas são tipo flatulências hehe… Nâo quero usar palavras fortes ahua

    • Letícia F. October 29, 2011 at 09:52 - Reply

      Squirting é ejaculação. O outro é um acúmulo de ar na vagina. Não são gases!

  33. felipe October 29, 2011 at 04:36 - Reply

    Todas as mulheres ficam molhadas quando excitadas? (não tô falando do gozo,tô falando da lubrificação mesmo).
    Porque eu já estive com umas bem secas,ou com pouquíssima lubrificação. Como também já estive com aquelas que tem bastante,tipo cachoeira.
    Como explicar isso? as que não têm,ou têm pouco,tem algum problema?
    Fiquei curioso.

    • Letícia F. October 29, 2011 at 09:51 - Reply

      Felipe, em tese todas devem ter. Mas a quantidade de lubrificação não tem a ver (necessariamente) com a excitação.

      • Thiago81 October 30, 2011 at 17:10 - Reply

        Letícia, se não me engano algumas mulheres tem problemas que impedem uma lubrificação adequada e devem usar KY pra evitarem ferimentos (além de ver isso com o gino).

        • Letícia F. October 30, 2011 at 17:13 -

          Sim, é o que eu disse. O normal é ter a lubrificação. Pode ser um problema hormonal, por exemplo.

  34. Fabiana October 29, 2011 at 09:42 - Reply

    Pessoal, as vzs qdo faço sexo anal (e de bexiga vazia), sinto uma sensação como se fosse urinar, aquele coisa vem q vem, mas me seguro pq tenho vergonha de mijar na hora H. Mas como disse, eu tinha feito xixi antes, será q se eu deixar vir é urina ou o tal gozo?

    • Thiago81 October 30, 2011 at 17:04 - Reply

      Pelo que já li, pra algumas mulheres a sensação é essa mesmo. Acho que vale à pena você tentar relaxar e deixar acontecer.

  35. Anny October 29, 2011 at 11:01 - Reply

    Olá Lê! Isso nunca aconteceu comigo, mas gostaria, por curiosidade mesmo, afinal, isso não torna a relaçao sexual de ninguém mais plena. O meu namorado me contou que certa vez isso aconteceu com uma ficante dele. Ele disse que parecia que ela tinha feito litros de xixi. Segundo ele, o cheiro era insuportável e teve q jogar fora o lençol.rs. Ele disse que não gostou nem um pouco pq o cheiro ficou no quarto dele um tempão. Mas eu tenho curiosidade! Beijoss

    • Letícia F. October 29, 2011 at 11:11 - Reply

      Anny, pelo que as meninas falaram aqui, a ejaculação não tem cheiro. Talvez a menina tenha feito xixi mesmo.

      Beijo

  36. B. October 29, 2011 at 12:05 - Reply

    Bom,posso dizer que isso já aconteceu e acontece cmgo na maioria das vezes em q faço sexo! Eu gosto muito,me dá prazer,e meu namorado tb adora!Mas,o fato de nunca ter conseguido,nao singfica nada. É uma outra forma de prazer de tantas outras que existem! :)
    adorei o tema Lê!como sempre, vc ajudando a galera a se livrar de tabus ridiculos! beijos Lê linda!
    :*

  37. Raquel October 29, 2011 at 14:42 - Reply

    Nossa, eu já tinha visto isso em filmes, mas quando aconteceu comigo, ha poucos dias, eu achei que fosse xixi.
    Eu estava me masturbando e de repente saiu! Eu estava gozando quando aconteceu. Fiquei preocupada achando que fosse xixi mas não tinha cheiro e era incolor…
    Realmente não é como nos filmes, que a menina jorra litros, o meu saiu pouco e não foi jorrando… Mas eu não sei se iria querer que isso acontecesse numa transa… com meu marido eu sempre gozo com oral e ficaria bem constrangida se acontecesse enquanto ele me chupa.

  38. Lisi October 29, 2011 at 17:45 - Reply

    Caraca!!!! Lê, da outra vez que comentei te mandei email mas hoje eu TIVE que falar aqui! Eu me identifique HORRORES com o texto e alguns dos comentários, a maioria das vezes em que eu gozo é no oral e meu namorado me disse que eu faço um tiquinho de xixi às vezes, mas que não tem gosto (??), deve ser isso! Eu sinto raramente um liquido saindo mesmo, mas tipo, é muito raro e eu não consegui identificar se tem ou não a ver com o orgasmo ser bom ou ruim, até pq, só gozo no oral ou na masturbação (sim sim, vou comprar um vibrador de clitóris, pra ver se vai a 2)… Outra, meus orgasmos também são variados, alguns são extremamente fortes e outros bem fraquinhos e até chatos… eu fico lá, tentando e tentando e quando vem, é fraco! De qualquer maneira, também gosto muito de transar com meu namorado e não gozar, só ver ele gozar, me dá muito prazer, pelo menos agora eu vejo que não sou só eu hehehehe Grande beijo Lê! Te acompanho todo dia!

    • Olívia October 30, 2011 at 11:22 - Reply

      Ahhhh, esses orgasmos fraquinhos são um saco! E, pra piorar, são aqueles que “dão mais trabalho”, kkkkkkk.

      • Curiosa October 30, 2011 at 15:36 - Reply

        ahh esses fraquinhos… Toda vez que gozo, eu tenho que ficar um tempo paradinha ,não consigo continuar me estimulando, é o que faz eu entender que mesmo bem fraquinho, foi um orgasmo mas esse fraco pra mim não faz diferença de não ter

      • Lisi October 31, 2011 at 10:16 - Reply

        Nem fala!! sei lá se tem algo a ver com demorar pra ele vir fraquinho, pq tem vezes em que estou há alguns dias sem sexo e gozo super rápido (até fico querendo que demore mais, sabe?), mas que é super forte! Vou começar a prestar atenção quando ver meu namorado de novo kkkkkk 1 mês sem! Eu em Santa Catarina e ele em SP, OMG! kkkkk

  39. Dri October 30, 2011 at 13:22 - Reply

    Nada contra… mas ainda bem q não tenho squirting…. EU (digo apenas por minha opinião, ok?) ficariam constrangida sim, não acho mto higiênico ficar jorrando líquidos pelo quarto!

    • Letícia F. October 30, 2011 at 13:23 - Reply

      Você tem nojo de esperma, Dri?

      • Dri October 30, 2011 at 18:12 - Reply

        Mas pelo o q eu entendi, é diferente…. tá todo mundo falando q espirra pra tudo quanto é lado, molha todo lençol, etc!

        Enfim, se há mulheres q não “funcionam” assim, eu prefiro ser uma delas! Questão de opinião mesmo…

  40. Alexandre October 30, 2011 at 14:47 - Reply

    Cara Leticia,
    Levado pela curiosidade depois de ler a sua entrevista na revista do Globo, entrei no seu blog. Li seu post sobre squirting e devo lhe dizer ue a minah namorada ejacula. No começo eu achei estranho, até pensei que tivesse estourado a camisinha, mas ela ejacula qdo acontece um orgasmo muito forte. É algo gostoso, pois fica bem mais lubrificado, quente e gostoso.
    Beijos.

  41. Thiago81 October 30, 2011 at 16:55 - Reply

    Cheguei aqui pela matéria do Globo e tenho que dizer que, de cara, gostei muito. Só por esse post, já valeu visitar o blog.

    Já conhecia o squirting, e minha ex já fez isso uma vez, mas essa visão pessoal de uma “squirter” foi ótima. Não sabia, por exemplo, que o squirt podia chegar separado do orgasmo, ou que não necessariamente indicava um orgasmo intenso.

    Mas acho que minha “busca pelo squirt sagrado” vai continuar. Primeiro porque dá muito tesão. Segundo porque não acho que apenas algumas poucas mulheres sejam capazes disso, mas sim que algumas tem uma facilidade maior ou menor para alcançá-lo. E, finalmente, se o squirt é um indicativo de muita excitação, então buscá-lo é natural. Só não vou ficar (nem nunca fiquei) obcecado com isso, nem nunca vou colocar pressão na parceira pra isso. Aí seria justamente o inverso do objetivo, que é o prazer dos dois.

  42. Raven October 30, 2011 at 17:43 - Reply

    Também cheguei aqui pelo O Globo Online, blog excelente =)

    E já de cara corroboro seu post, squirting EXISTE SIM. Mas nunca aconteceu comigo na hora do sexo, só com masturbação.

  43. Jaque October 30, 2011 at 20:37 - Reply

    Aconteceu isso comigo faz pouco tempo, e não tinha ideia do q tinha acontecido. Molhou meu lençol inteiro, fiquei super intrigada e depois acabei esquecendo. Agora lendo isso aqui no blog estou de cara, não sabia de nada disso.
    Obrigada Letícia por mais essa.

  44. Karina October 31, 2011 at 06:39 - Reply

    Olááá!
    Eu tive Squirting pela primeira vez, com um ex namorado!
    Uma única vez, sendo mais precisa!
    Sendo q na época, não sabia oq era direito..pra mim, era xixi.
    Achando q era apenas, uma consequência do relaxamento, após o gozo..pq só acontecia, junto ou após gozar!
    Com o meu atual “rolo”..é que vim, saber oq realmente era!
    Não sei se pq, somos sexualmente o encaixe perfeito..q faz com q o Squirting aconteça todas as vezes q transamos!
    Ele adoraaa, e fica super excitado!
    Mas não é algo, q eu veja como obrigatório..
    Adorei e parabenizo, por abordar esse texto!
    Que ainda é um tabú, e q foi pra mim..durante um tempo!
    Bjooos!

  45. Helena October 31, 2011 at 08:21 - Reply

    Nossa! Não sabia que isso poderia acontecer com as mulheres! Mas porque o assunto é tabu?? Muito interessante esse post e os comentários de quem já teve squirting…

    • Letícia F. October 31, 2011 at 08:54 - Reply

      Ninguém fala a respeito, Helena. Inclusive há médicos que dizem que isso não existe.

      • Helena November 1, 2011 at 09:42 - Reply

        Realmente, só lendo o seu post é que fiquei sabendo disso, rs. Mas não achei o assunto tão estranho a ponto de ser considerado um tabu, inclusive doutores! Uma mocinha comentou que o médico disse que só poderia ser urina o que sai dela. Caramba, nem os profissionais estão colaborando, rs…

  46. J. October 31, 2011 at 08:57 - Reply

    Isso aconteceu comigo uma única vez, e confesso que fiquei envergonhada pensando que fosse xixi, mas não tem cheiro e nem cor. Mas a quantidade foi bem grande, parecia q eu tinha derrubado um copo d’agua no lençol.
    Como não tinha noção do que fosse perguntei a minha médica, e ela me explicou oq era, e disse é um ótimo sinal. Depois disso despreocupei … Acredito que a ejaculação aconteceu por causa do meu parceiro, somado ao meu grau de relaxamento.
    Esse meu parceiro, disse que aprendeu com uma sexóloga, que o prazer tem picos estáveis, antes do orgasmo, chamado platô, e no ato sexual é bom que se atinja o platô várias vezes para depois chegar ao nível mais elevado, o orgasmo. Isso faz com que o orgasmo seja potencializado. Ahh … o platô é aquele momento que vc tah mto excitada, mas ainda falta um pouco pra gozar, neste momento vc começa tuudo de novo … é sim uma doce tortura.

  47. Ma October 31, 2011 at 11:08 - Reply

    Acontece comigo toda vez que me masturbo estimulando o clitoris ao mesmo tempo em q penetro minha vagina com dedos ou um vibrador. Já aconteceu durante o sexo tb, estando por cima e me masturbando ao mesmo tempo em q eu era penetrada. Mas nao é tao frequente quanto quando estou me masturbando. Acho q faz sentido. afinal, na masturbacao, vc faz exatamente o q está com vontade, na intensidade correta e pelo tempo q quiser. O liquido é transparente e sai num jato mesmo. A sensacao nao é, nem de longe, como vontade de fazer xixi. Naquela hora da contracao forte do orgasmo, vc sente o liquido sair… e parece q toda a tensao do seu corpo vai embora. E vc fica jogada, plenamente satisfeita. Não, nao sai de dentro da vagina (até pq, se fosse de dentro dela, nao sairia na forma de jato. afinal, a vagina é elastica por dentro). Sai meio q abaixo do clitoris. e, nem de longe, é parecido com a lubrificacao.
    Recomendo muitose conhecer e se masturbar. São os orgasmos q mais me satisfazem.

  48. K-marão October 31, 2011 at 13:31 - Reply

    Olá boa tarde,

    eu saía com uma moça que em todas as relações “gozava litros” e das primeiras vezes achava o máximo, coisa de filme. Depois de um tempo comecei à perceber que aquela situação não me excitava mais tanto quanto das primeiras vezes.

    Nojo? nem um pouco, é uma sensação muito boa…

    Apenas parece que o encanto passou e consequentemente calhou de não sair mais com a moça.

    Por que o encanto passou? acredito que passou o encanto pela moça e isso levou a perda da excitação em qualquer que fosse o aspecto da relação.

    Esta foi minha única experiência, e se caso volte a acontecer, eu chego a minha conclusão.

    Bjinhos e excelente post

  49. Lfp October 31, 2011 at 17:15 - Reply

    O que seria “orgasmo seco”, Letícia?

    • Letícia F. October 31, 2011 at 17:24 - Reply

      Não existe ejaculação.

      • Lfp October 31, 2011 at 18:34 - Reply

        O orgasmo “normal”, portanto. A impressão aqui é que a ejaculação feminina não significa um superorgasmo. Então porque correr atrás do “squirting”?

        • Letícia F. October 31, 2011 at 18:39 -

          qdo eu falei do orgasmo seco, eu estava me referindo aos homens. é meio senso comum que a ejaculação é qdo o cara goza – mas uma coisa não precisa, necessariamente, estar relacionada à outra.

          quanto ao squirting, acho uma bobagem perseguir isso, como a leitora bem comentou no post. mas tem gente que vai atrás, né? fazer o q.

        • Lfp November 2, 2011 at 13:05 -

          Esse tipo de orgasmo seco eu nunca tive, mas tenho certeza que você e as meninas aqui devem ter precedentes.
          Só posso citar o que dizem do Sting, enquanto ícone do sexo tântrico, sobre ficar doze horas ereto sem ejacular. Também vale mencionar a crônica do Rubem Fonseca “Confraria dos Espadas” do livro homônimo.
          Abs. Padilha.

  50. Juliana October 31, 2011 at 22:33 - Reply

    Leticia, é a primeira vez que faço um comentaro por aqui, acho seu blog muito interessante e util. Tenho 36 anos e uma vida sexual que sempre foi muito satisfatoria. desde o meu primeiro namorado fiquei sabendo muito bem onde ficava o meu ponto G e portanto nunca perdi um orgasmo. E nem uma ejaculaçao. Na verdade quando uma mulher goza com o ponto G ela ejacula, e nao é necessario toca-lo para que isso ocorra. No entanto quando estimulado, e quanto mais estimulado for, mais a mulher vai ejacular. Meu atual namorado, que é muito bom de cama, nao so ja sabia de tudo isso (ai como é bom quando a gente nao tem que ensinar nada) como fica maravilhado com os resultados. Me entristece muito quando leio por ai entrevistas com ginecologistas que dizem que o unico liquido que pode sair de uma mulher é a urina: ora, nao so nao tem o mesmo odor e cor como é inesgotavel. Nao a toa uma mulher pode gozar ( e ejacular) 3, 5, 10 vezes seguidas, se o cara souber onde fica o tal do ponto G. Me entristece porque as pessoas saem por ai tratando isso quase que como uma anomalia, quando na verdade é o botaozinho da felicidade, transformando em mito e lenda urbana o poder maximo da mulher na cama. Sim, porque homem macho de verdade sabe de todos esses mecanismos, e adora. Sim, molha toda a cama. Eu costumo duvidar de mulheres que dizem que tiveram orgasmos e nao molharam a cama. O orgasmo feminino nao é tao subjetivo quanto contam por ai, na verdade ele é pra la de real e visivel. Homens: se aconteceu isso com a sua mulher voce pode ter certeza de que esta no caminho certo.

    • Marie July 25, 2012 at 21:30 - Reply

      Juliana, parece que sou a única aqui, mas concordo e comprovo tudo que você falou. Meu namorado (temos um rel. aberto, mas no começo era monogâmico) também sabe fazer isso com o dedo, não tem erro, toda vez eu gozo litros com ele. Às vezes a gente vai pro chuveiro (pra não encharcar a roupa de cama ou o chão) e ele me faz gozar várias vezes seguidas, já chegou a mais de 20 (ele contou as contrações). Disse que demorou um pouco pra aprender a manha do ponto G, mas que depois que pegou sempre faz isso com as gurias, muitas ficam assustadas, achando que é xixi. Desde então eu sempre gozo assim, seja com quem for (nem sempre o cara tem a manha, mas sempre pode aprender), ajuda se você contrair por dentro também (mas não precisa). Às vezes eu também molho só de contrair, sozinha, sem estimulação física, mas psicológica, por exemplo fazendo sexo oral no cara (e sim, tenho certeza que não é xixi).

  51. Ro_Morena_SP November 1, 2011 at 15:37 - Reply

    Oi Letícia!! Adoro seus post, realmente muitos úteis.. Olha eu nunca me vih em mim jorrando nada nao, mas tive um relacionamento recente desses que além de nos darmo muito bem na cama eu estava muito apaixonada e isso muda muito o sexo em sí, a gente acaba como se fala ” fazendo amor e não sexo” era sempre muito intenso em tudo, e eu acabava tendo orgamos intensos e que escorria pelas pernas, sempre muito molhada, de realmente molhar o lencol, mas sempre achei que isso era por estar muito excitada, tanto que depois o relacionamento acabou passando por crises, e claro o sexo mudou e eu acabei não ficando mais tão molhada e aee vinha as cobranças… e realmente como meu sentimento mudou nao conseguí ter os mesmos orgasmos. E sim, já tive outras pessoas no longo da minhas experiência que me fizeram ir as nuvens e nunca fiquei tao molhada assim. E agora squirting é sim a ejaculação feminina? Porque quando o homem goza ele ejacula, FATO!! E isso é mostra que ele gozou!! Na minha opnião e como a leitora mencionou em seu texto, squirting não é ejaculçao feminina e sim, uma expressão que algumas mulheres tem!! Ou todas tem, e o que muda é a quantidade que pode ser não perceptivel ou esses de molhar e muito, certo?

  52. Dani November 1, 2011 at 15:42 - Reply

    Olá! Estou lendo o livro ‘A Cama na Varanda’ , da Regina Navarro Lins, onde ela fala sobre a ejaculação feminina, cita pesquisas e alguns depoimentos, e também sobre o ponto G, outro “tabu”. E são duas coisas que muitas pessoas ainda não acreditam, talvez por nunca terem tido a “experiência” , ou por falta de informação mesmo. Bjos pra vc!

  53. Lfp November 2, 2011 at 18:42 - Reply

    O tema não deixa de ser poético: mulheres que ejaculam sem gozar e homens que gozam sem ejacular…

  54. Carlos November 3, 2011 at 22:24 - Reply

    Oi Letícia,

    Nunca tinha ouvido esse termo, mas o post me lembrou de um filme japonês que se chama “Água quente sob uma ponte vermelha”. É uma história mega hiper exagerada sobre uma mulher que goza litros de água. Tipo o cara seca o quarto com um rodo. Achei muito engraçado. E não era ofensivo, porque no final o gozo dela era milagroso e deixava todo muito feliz.

    Beijo.

    • Jota November 7, 2011 at 13:34 - Reply

      Seguinte, já fiquei com uma garota que erá preciso secar o quarto com rodo.

      Parece exagero mas é verdade. Cloquei um comentário que esta aguardando moderação.

    • Vivi July 27, 2012 at 10:45 - Reply

      O filme “Água quente sob uma ponte vermelha”. ” realmente é fantástico! Vi num cinema alternativo anos atrás, já tentei buscar na internet pro meu companheiro ver mas nunca encontrei…;(

  55. Su November 3, 2011 at 22:54 - Reply

    Oi Letícia,

    tenho acompanhado seu blog, achei muito interessante e me identifiquei com você..rs..
    Tenho 29 anos, casada há 4 anos, vivo um relacionamento aberto com meu marido e existe algumas regras para o bem de todos e felicidade geral da nação! rs
    Já realizamos várias fantasias.. mas a última realizada foi quando eu saí sozinha com um rapaz.. Minha excitação era tanta, que estava com João* no motel quando senti algo escorrendo… achei que era xixi..rsrs… O João, muito querido e preocupado, percebeu que fiquei constrangida pois não sabia exatamente o que era, me levou até a piscina e continuamos a brincadeira… a noite loooonga e muuuito boa!!!
    Diante de tudo… fico feliz por não ser a única mulher a pensar que fez xixi sem perceber.. é só isso que passa na cabeça quando acontece!!! rsrsrs
    ahhhhh Lê, é possível ser muito feliz em um relacionamento aberto!!!

  56. Mariana Santiago July 25, 2012 at 22:33 - Reply

    Mudando um pouco sobre o assunto central… mas Lê, tire-me uma dúvida ortográfica. A moça escrevia clítoris. Mas o certo é esse ou clitóris?

    Dúvida básica, por favor não pense que estou com preconceito linguístico. Longe disso, mas é apenas uma dúvida.

    • Letícia F. July 25, 2012 at 22:42 - Reply

      A moça do texto? Não reparei. O certo é clitóris.

  57. Dea Mmotta July 26, 2012 at 13:49 - Reply

    Pois é fico pensando pq complicam tanto uma coisa que pra dar certo precisa de simplicidade rrsrsr.

  58. Fernanda July 26, 2012 at 10:53 - Reply

    Já havia lido esse testo no Cem Homens. Na época achei super interessante, mas não sai por ai procurando “receitas” de como fazer isso acontecer. Cada qual com cada qual né. Isso não está ligado a ter mais ou menos prazer. E é isso que importa não?! Bjos

  59. darkgabi July 27, 2012 at 10:24 - Reply

    tb já experimentei isso, mas foi há mt tempo, qd ainda era adolescente. e sempre sozinha. nao me lembro de ter acontecido de novo depois ou durante uma transa… assim como visoes coloridas tipo gifs animados qd atingia o orgasmo hahaha.

  60. Emerson Janio August 10, 2012 at 18:36 - Reply

    que e vc.

Comente »